CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

TERÇA LIVRE - ABORTANDO A ESPERANÇA: PROFISSÃO GLOBO



"A ONU chamou a atenção do Brasil para as 200 mil mortes de mulheres por causa de abortos inseguros. Recorrendo aos dados verdadeiros, porém, temos no ano de 2010 os óbitos de mulheres em idade fértil - por todas as causas - somando 66.323. Destes, os casos resultantes de complicações na gravidez, parto ou aborto espontâneo, chegam a um total de 1162 mortes. Restringindo-se apenas a interrupções voluntárias da gravidez, temos 83 mortes. Daí, para as 200 mil mortes alegadas pela ONU há uma distancia impressionante."
(Cristian Derosa - A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL - como a mídia de massa se tornou uma máquina de propaganda)

Nenhum comentário:

Postar um comentário