CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

domingo, 21 de maio de 2017

GOVERNO ACONSELHA OS BRASILEIROS CRÉDULOS A SE PRECAVEREM CONTRA BOATOS NA INTERNET

Quem extinguiu nosso hábito de considerar a verdade e de verificar os fatos foi o Estado, o MEC, o MPF e o Congresso, foram a imprensa e as instituições culturais que impuseram a MENTIRA COTIDIANA e a crença absoluta no relativismo, na igualdade cultural, no politicamente correto e que propõem a INEXISTÊNCIA DA VERDADE e a ditadura da opinião. Agora aproveitam o alarme causado pela divulgação distorcida da gravação de Joesley, para COBRAR dos brasileiros que ajam de maneira razoável? Desde quando a esquerda respeita a razão e a razoabilidade? Isso é mais um jogo para justificar mais censura?
 

https://www.facebook.com/SenadoFederal/photos/a.176982505650946.49197.150311598318037/1754369221245592/
 

Cuidado! Com uma das mãos eles dão, com a outra eles tiram em dobro. O relativismo faz pesar mais a opinião que os fatos e daí eles extraem a necessidade da censura da opinião, que, por sua vez, institucionaliza essa depreciação da verdade objetiva e a supervalorização da opinião. E por aí vai... As pessoas são manipuláveis apenas quando abandonam seu desejo de conhecer a verdade.




CENSURA
Audiência pública - Bloqueio judicial do WhatsApp e Marco Civil da Internet
1 - https://youtu.be/3TNsQCNIOO0
2 - https://youtu.be/qN9w_BuKfCA
3 - https://youtu.be/Bvq4JSr6uCo
4 - https://youtu.be/t1WJLIa5nV8

Gente, a Internet é nossa única ferramenta para confrontar mentiras e barrar o avanço do mal. Cuide dela. Para eles a verdade não existe, é só um modo de manipular trouxas: o que existem são as narrativas, as versões e a verdade por consenso. Então se o poder determina o que é verdade, a censura não causa dano nenhum!!! Essa é a mentalidade golpista da esquerda.

A VERDADE NÃO EXISTE, A MENTIRA ÚTIL É A VERDADE
https://youtu.be/zR46YW9t4VY?t=2m54s


REDES SOCIAIS E OPINIÕES NÃO TÊM A AUTORIDADE DA IMPRENSA
https://youtu.be/TBIuju1Qvoo





RENATO AMOEDO - Está provado para que serve educação controlada (regulada ou provida) pelo governo: para uniformizar raciocínios e comportamentos segundo a ideologia dominante na academia.
Gerações foram gradativamente adestradas a não enriquecer, não pensar livremente, não ter tempo de pesquisar livremente, não declarar suas independências pessoais e a permanecer submissas a qualquer coisa que empurrem nelas, contanto que possam votar nas urnas da smartmatic e tenham chances de se sentir justiceiros da justiça social.
O socialismo e o modelo de falsa educação pública não são incompetentes ou ineficazes como muito liberais afirmam. Infelizmente, são extremamente eficazes em seus objetivos de perenizar a submissão e a miséria em nome do coletivismo, a realidade de Banânia é prova.
Os políticos controlando o conteúdo da instrução formal obrigatória, vão escolher tornar as crianças dependentes e submissas ou independentes do Estado?
https://www.facebook.com/renato.amoedo88/posts/10207306910986049

O POLITICAMENTE CORRETO É UM DISFARCE PARA O MAL
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/01/politicamente-correto-e-um-disfarce.html

A VERDADE NÃO EXISTE, A MENTIRA ÚTIL É A VERDADE
https://youtu.be/zR46YW9t4VY?t=2m54s

QUANDO A VERDADE NÃO PODE SER DITA, A MENTIRA PROLIFERA E O MAL DOMINA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/05/liberdade-de-expressao.html
 
A MENTIRA ESQUERDISTA PRETENDE APAGAR A DIFERENÇA ENTRE VERDADE E MENTIRA - OLAVO DE CARVALHO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/09/a-mentira-esquerdista-pretende-eliminar.html
 

CENSURA À INTELIGÊNCIA
A experiência de todos os países comunistas prova, sem a menor margem de dúvida, que a esquerda revolucionária sempre esteve consciente da importância crucial da censura e dos limites à liberdade de expressão para a conquista e o exercício do poder. Essa é a única razão pela qual os esquerdistas tanto combatem essas coisas numa democracia sobre a qual ainda não tenham o poder total: para assegurar que elas estarão sempre sob o seu controle monopolístico, sem que o adversário tenha a menor chance de usá-las -- ou se usar qualquer recurso que remotamente se pareça com elas -- para a manutenção da ordem legal vigente.
Por isso não há nada de estranho em que as vozes da esquerda se mobilizem tão entusiasticamente para censurar o filme "O Jardim das Aflições" quanto para estigmatizar como hedionda tentativa de censura qualquer protesto contra a exposição obscena do Santander.
Seu lema é: "O poder de censura é nosso, de mais ninguém."
Só um idiota pode ver nisso alguma "incoerência". É procedimento de rotina, nada mais.
A linguagem da mídia e do "beautiful people" é calculada para espalhar endemicamente o transtorno de personalidade limítrofe, que consegue raciocinar verbalmente ou matematicamente mas não consegue transformar em CONSCIÊNCIA o sentido do que raciocina.

Frases como "mulher em corpo de homem" são calculadas para impedir o falante de perceber o sentido do que diz.
A profusão de frases desse tipo na linguagem popular de hoje é uma obra de engenharia psicológica montada para destruir não a família ou a moralidade (antes fosse apenas isso!), mas as operações básicas da inteligência humana.

O IMPÉRIO DA VONTADE OLAVO DE CARVALHO - O relativismo militante é um véu de análise racional feito para camuflar a imposição, pela força, de uma vontade irracional. Sua função é cansar, esgotar e calar a inteligência para abrir caminho ao “Triunfo da Vontade”. É um método de discussão inconfundivelmente nazista. Se você estudar Nietzsche direitinho, verá que toda a filosofia dele não é senão a sistematização e a apologética desse método, hoje adotado pela tropa inteira dos ativistas politicamente corretos. Por trás de toda a sua estudada complexidade, a estratégia do nietzscheísmo é bem simples: trata-se de dissolver em paradoxos relativistas a confiança no conhecimento objetivo, para que, no vácuo restante, a pura vontade de poder tenha espaço para se impor como única autoridade efetiva. Descontada a veemência do estilo pseudoprofético, não raro inflado de hiperbolismo kitsch , não há aí novidade nenhuma. É o velho Eu soberano de Fichte, que abole a estrutura da realidade e impera sobre o nada. É a velha subjetividade transcendental de Kant, que dita regras ao universo em vez de tentar conhecê-lo.
http://www.olavodecarvalho.org/semana/060105jb.htm



O POLITICAMENTE CORRETO NOS CEGA PARA O PERIGO - Eles simplesmente resolveram eliminar a verdade como critério válido. O que me espanta é que: 1- a mentira é a língua oficial dos governos hoje e eles não se preocupam se todos estão reparando que o "rei está nu". Eles sabem que não estão sendo acreditados, mas vão empurrando a farsa adiante; 2 - por que isso não dá o sinal de alarme na sociedade? Se a mentira está instalada confortavelmente à vista de todos tem uma coisa MUITO errada, é sinal de que o MAL está no comando.   

Não lembro se foi no livro PEQUENA HISTÓRIA DA DESINFORMAÇÃO, ou se foi no PONEROLOGIA, PSICOPATAS NO PODER, ou em outro, que li sobre a falsificação científica e a depredação metódica do conhecimento acumulado em milênios, praticadas em regimes comunistas, cujo objetivo ainda é aniquilar a noção de verdade e uniformizar as obedientes consciências. Isso está acontecendo aqui, agora. Onde esses malditos tocam, confundem deliberadamente verdade e  mentira e pretendem fazer do mundo uma Torre de Babel onde ninguém distingue o que é verdadeiro ou falso , bom ou mal, onde só o PODER será ouvido.

 "Chegará o dia em que teremos que provar ao mundo que a grama é verde." Esse dia é hoje, agora. Mas o que espantaria ainda mais Chesterton é que pode chegar o dia em que NÃO poderemos provar que a grama é verde, pois com  ajuda do MPF, legislativo e STF, alguns provarão que ela é vermelha e quem afirmar o contrário será acusado de preconceito, crime de ódio e incitação à violência. Muita gente acha que o politicamente correto é apenas um código informal exercido por pressão social. Mas ele já passou dessa fase. Ele já determina ações governamentais, criação de novos crimes, subjetivos, leis e punições para pessoas inocentes e desculpas para os culpados.

Não foi o que aconteceu ao "DIREITA SÃO PAULO"? Foram acusados de PRECONCEITO pelo MPF por protestarem contra a lei de migração. Pré-conceito é um comportamento irracional e não uma resposta justa a fatos presentes. Mais irracional e inexplicável é uma lei que despreza os fatos e inventa uma realidade paralela. A fórmula deles é: fabricar o mal e punir a reação natural a ele. Isso sim é perversidade, é crime de ódio, é brasileirofobia.

E este é mais um motivo embutido no protesto: qual a credibilidade de uma lei produzida por corruptos? Aqueles que estão fazendo leis brasileirofóbicas não são os mesmos traidores que, sem um pingo de sentimento humanitário, depredam o Brasil? Em que medida essas leis não estão subordinadas ao esquema de corrupção sistêmica para conquista de poder? Não existe uma relação de subserviência desses políticos à ONU e organizações internacionais com sua agenda globalista para dissolver fronteiras, soberanias e identidades nacionais? Por que as investigações são sempre parciais e não abordam essas questões que hoje já são muito mais que teorias? Então, a primeira suspeita recai sobre as reais intenções dos políticos. Antes das leis, antes dos terroristas, do tráfico nas fronteiras, o maior perigo são os traidores e incompetentes no poder.  

  
*
A INFORMAÇÃO NÃO ESTÁ CHEGANDO AONDE DEVERIA. AJUDE A DRIBLAR A CENSURA NAS REDES: COMPARTILHE OU REPUBLIQUE MUITO MAIS.  Nada disto estaria acontecendo se a informação estivesse circulando normalmente, se não houvesse excesso de mentiras e escassez de verdades em circulação. Lei de migração, corrupção, esquerda dominando só acontecem onde a mentira reina, onde a informação está sendo controlada por governos e esquerdistas na imprensa. Nosso problema hoje é a falta de VERDADE no mundo.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário