CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

terça-feira, 30 de maio de 2017

CONSERVADORISMO - O que é ser conservador? - Roger Scruton



IDEOLOGIA, CENSURA, IRRESPONSABILIDADE - REFLEXÕES DE ROGER SCRUTON
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/03/ideologia-e-censura-e-outras-reflexoes.html

MENTALIDADE REVOLUCIONÁRIA X CONSERVADORISMO - OLAVO DE CARVALHO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/03/mentalidade-revolucionaria-x.html

Edmund Burke - Conservadorismo Pontual
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/01/edmund-burke-conservadorismo-pontual.html

O PENSAMENTO CONSERVADOR - RUSSELL KIRK
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/08/o-pensamento-conservador-russell-kirk.html

ROGER SCRUTON - "Apenas nos países de língua inglesa os partidos políticos se descrevem como “conservadores”. Por que isto? Isto se dá claramente porque os falantes da língua inglesa são herdeiros de um sistema político que tem sido construído de baixo, pela livre associação de indivíduos e pelas operações da common law. Consequentemente, concebemos a política como um meio para conservar a sociedade e não um meio para impô-la ou criá-la. Da Revolução Francesa à União Europeia o governo continental tem se concebido em termos de “cima para baixo”, como uma associação de sábios, figuras poderosas ou “experts”, que estão no negócio de criação de ordem social através de regulação e lei imposta. A lei comum não impõe ordem, ela emerge da ordem. Se o governo é necessário, do ponto de vista conservador, é a fim de resolver os conflitos que surgem quando as coisas estão, por qualquer razão, desestabilizadas."
http://tradutoresdedireita.org/desperte-para-o-real-significado-da-liberdade/

"O Salvador da Pátria"
. A ideia mais elementar daquilo que se contrapõe aos regimes totalitários, e que ficou popularmente conhecido com a alcunha de "direita", é a desconfiança em relação à burocracia estatal. A esquerda acha que o Estado pode e deve reformar a sociedade (seja para fazer surgir a raça pura ariana, como no caso do socialismo nacionalista; seja para fazer surgir a casta proletária idealizada, como no caso do socialismo marxista); a direta, ao contrário, acredita (pelo menos deveria acreditar) que as leis não existem para reformar a sociedade, mas para colocar limites no poder da ação estatal.
https://www.facebook.com/persiomenezes/posts/10153946637121956


Nenhum comentário:

Postar um comentário