CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

AULA DE HISTÓRIA - O que aprendi com o professor Olavo de Carvalho - criticamos o que també...

Denise e Nivaldo: a grave crise em que o país mergulhou

A VERDADEIRA PROPAGANDA DO PMDB

.


Dilma e Lula não estão desesperados

EDUCAÇÃO - Olavo de Carvalho e Carlos Nadalim

LULA, O BRASIL não tem MEDO de você !!! by @VillaMarcovilla @RachelSherazade


 
OLAVO DE CARVALHO:  Há anos o PT já deveria ter tido seu registro cassado por violação da alínea II do Art. 28 da Lei dos Partidos Políticos: "Estar subordinado a entidade ou governo estrangeiro". O PT admitiu publicamente essa subordinação no vídeo preparatório do seu III Congresso, e Lula confessou-a abertamente e em seu discurso de 2005 no décimo-quinto aniversário do Foro de São Paulo, discurso publicado no próprio site oficial da Presidência da República.

Agora ele admite em público a existência de um exército clandestino a serviço do PT, violando também a alínea IV: "manter organização paramilitar". Que é que estão esperando para solicitar à Justiça o fechamento do PT e dos demais partidos pertencentes ao Foro de São Paulo?
 
****
LULA, O BRASIL não tem MEDO de você !!! by @VillaMarcovilla @RachelSherazade http://youtu.be/Hojg_hjZ5S4

LULA - O BRASIL não tem MEDO de você !!! by @VillaMarcovilla @RachelSherazade 
 
*****
GUERRA CIVIL? LULA AMEAÇA COLOCAR EXÉRCITO DO MST NAS RUAS CONTRA MANIFESTANTE
 
Presidente do PT no Rio prega ‘porrada’ contra adversários
 
MST É UM EXÉRCITO
 
Serviço de inteligência detecta ameaça contra Janot, procurador-geral
*
Youssef pretende desvelar, em novo depoimento, a real natureza do jogo: tratava-se de servir a um esquema de poder; o centro do petrolão está na política. É coisa dos “marginais do poder” 
*
TENTATIVA DE SABOTAR LAVA JATO
 
Lula e Petrobras
 
LULA NO RIO - Milícia do PT ataca manifestantes pacíficos no Rio de Janeiro que protestam
 
Líder dos caminhoneiros desmente o Jornal Nacional sobre o fim da greve
 
LULA FAZENDO O DIABO PELA DITADURA SOCIALISTA
 
PETROLÃO - TRAMÓIAS E CONCHAVOS PETISTAS PARA MANIPULAR OPERAÇÃO LAVA JATO E DELAÇÕES
 
DITADURA PETISTA VEM ATRAVÉS DE LEIS "DEMOCRÁTICAS" E REFORMA POLÍTICA
 
Partido dos Trabalhadores finge que está tudo bem na Petrobras
 
Ninguém mais fala da INSTRUÇÃO NORMATIVA 74
 
 
Passo a passo 2: Os novos golpes do PT contra a Operação Lava Jato. O que mais esperar de Cardozo?
 
 A dupla Cardozo-Janot e a natureza do jogo
 
DITADURA COMUNISTA-BOLIVARIANA DA VENEZUELA ANUNCIA PENA DE MORTE PARA DISSIDENTES E MANIFESTANTES
 
OLAVO DE CARVALHO COMENTA

"SUICÍDIO" DE ALBERTO NISMAN: CINCO BALAS FORAM RETIRADAS DO LOCAL, TESTEMUNHA NATALIA

.


Uma nova testemunha do caso que apura a morte do promotor argentino Alberto Nisman, apareceu nesta terça-feira 17-02-2015. Natalia Fernandez é garçonete em restaurante próximo ao apartamento em que Nisman foi encontrado morto, há um mês.

Em entrevista ao jornal "Clarin", ela disse que na noite da morte, autoridades a convocaram para ser testemunha dos procedimentos de investigação no local, e que a promotora Viviana Fein, responsável pela apuração, segurava um saquinho com cinco (5) cápsulas de bala, o que seria um indicativo de que Nisman foi assassinado. A informação oficial é que a arma fez apenas um disparo naquela noite.

O promotor estava pronto para denunciar a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, por dificultar as investigações sobre a explosão de uma bomba na sede da entidade judaica Amia, com 85 mortos e centenas de feridos, em 1994.

Segundo a garçonete, logo após chegar, duas pessoas saíram carregando o corpo que seria de Nisman. Passaram-se uns minutos e voltaram dizendo que tinham se equivocado sobre o caminho e riram. Natália disse que usou o banheiro sem que ninguém se preocupasse se haveria provas no local. Ofereceram-lhe café da cafeteira da casa do promotor, próxima à mesa onde estavam os papéis da DENÚNCIA de Nisman, e que os funcionários mexeram nesses papéis. Havia umas 50 pessoas lá e tocavam em tudo.

Após a divulgaçõ da reportagem do "Clarin", a promotora Vivian Fein rebateu as afirmações de Natalia, classificando-as de "fantasiosas" e de "vergonha", acrescentou ainda que Natalia terá que responder pelo que disse.

*


18 de Julho de 1994 - uma van com explosivos foi detonada na sede da AMIA, Associação Mutual Israelita Argentina.


Setembro de 2004 - Alberto Nisman assumiu as investigações.


Outubro de 2006 - Nisman acusou formalmente o governo iraniano de planejar o ataque, que teria sido executado pelo Hizbullah.


Março de 2007 - A Interpol expediu ordem de prisão de nove acusados de envolvimento no ataque, oito deles iranianos. Ninguém foi preso.


Maio de 2008 - O promotor pediu a prisão do ex-presidente Carlos Menen, acusado de obstruir a investigação.


Fevereiro de 2013 - A presidente Cristina Kirchner anunciou investigação do atentado com a ajuda dos iranianos! Cancelou depois de protestos.


14 de janeiro de 2015 - Nisman denunciou Cristina Kirchner, o chanceler Héctor Timerman e outros membros do governo por encobrir os responsáveis pelo ataque.


18 de janeiro 2015 - o promotor foi encontrado morto, com um tiro na cabeça, horas antes da audiência no Congresso.




Veja mais em:


TESTEMUNHA APONTA FALHA EM APURAÇÃO DE MORTE DE PROMOTOR
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/208699-testemunha-aponta-falha-em-apuracao-de-morte-de-promotor.shtml

Vergonhosa investigação na cena da morte do promotor Alberto Nisman, na Argentina http://poncheverde.blogspot.com.br/2015/02/vergonhosa-investigacao-na-cena-da.html

Un video muestra cuando Natalia Fernández entró como testigo al Le Parc http://www.infobae.com/2015/02/18/1627533-un-video-muestra-cuando-natalia-fernandez-entro-como-testigo-al-le-parc

Ante la fiscal, Natalia cambió su declaración sobre
algunos puntos clave 
http://www.clarin.com/politica/fiscal-Natalia-cambio-declaracion-puntos_0_1307869324.html

"CANCION DE NISMAN" MUERTE DEL QUE DENUNCIO A CRISTINA http://youtu.be/cGNeujH3_Zg

O ISLÃ É UM ESTADO DENTRO DO ESTADO ONDE ELE SE INSTALA.- OLAVO DE CARVALHO http://youtu.be/duH0bfFJpZQ

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Marco Antonio Villa: Lula, o Brasil não tem medo de você

Espiões cubanos são homenageados

GUERRA CULTURAL E MANIPULAÇÃO PETISTA

VAI FALTAR TUDO SE A GREVE CONTINUAR

Temporal em São Paulo não enche o Cantareira

Venezuela: mulher de prefeito preso diz que opositores correm p

Aloysio Nunes cobra ação do Brasil na crise política da Venezuela

Moção de repúdio a prisão de prefeito de Caracas. Dep. Rubens Bueno (PPS...

Audiência Pública sobre Racionamento de Água

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

FRAUDE ELEITORAL - Conclave pela Democracia do Brasil -Lisboa, 21 de Fevereiro 2015

TENTATIVA DE INVALIDAR OS DEPOIMENTOS DA DELAÇÃO PREMIADA E SABOTAR A INVESTIGAÇÃO LAVA JATO - veja



 Artigo Da Revista Veja
"Feitiços e feiticeiros"

Em encontro com advogados, o ministro da Justiça tranquiliza empreiteiras ao garantir que investigações da Lava-Jato sofrerão uma reviravolta logo depois do Carnaval 

Desde a morte do ex-ministro Márcio Thomaz Bastos, no ano passado, o PT perdeu seu grande estrategista em momentos de crise. MTB tinha uma extensa ficha de serviços de advogado de defesa prestados ao partido. Foi ele quem arquitetou as grandes jogadas de bastidores que ajudaram a adiar por quase uma década o julgamento do mensalão. Foi ele quem apagou os incêndios que resultaram nas duas saídas de Antonio Palocci do governo. Foi ele também quem acertou os ponteiros do PT com o banqueiro Daniel Dantas quando da divulgação por VEJA de um dossiê que envolvia o ex-presidente Lula com contas no exterior, elaborado pelo dono do banco Opportunity a partir de dados fornecidos pela empresa de espionagem Kroll. Chamado de God (Deus, em inglês) pelos amigos, o onipresente MTB foi convocado para coordenar a defesa das empreiteiras tão logo deflagrada a Operação Lava-Jato. Ele tinha uma meta clara: livrar seus clientes de penas pesadas na Justiça e, de quebra, o governo petista da acusação de patrocinar um novo esquema de corrupção para remunerar sua base aliada no Congresso.
Thomaz Bastos dedicava-se a convencer o Ministério Público Federal de que a roubalheira na Petrobras não passava de um cartel entre empresas — e que, como tal, deveria ser punido e superado com o pagamento de uma multa bilionária. Nada além disso. A morte tirou o criminalista cerebral da mesa de negociação. MTB deixou um vácuo. O governo perdeu sua ponte preferencial com as empreiteiras, o diálogo entre as partes foi interrompido, e as ameaças passaram a dominai-as conversas reservadas. Foi nesse clima de ebulição que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, assumiu o papel de bombeiro. Ex-deputado pelo PT e candidato há anos a uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cardozo se lançou numa ofensiva para acalmar as construtoras acusadas de envolvimento no petrolão, que, conforme VEJA revelou, ameaçam implicar a presidente Dilma Rousseff e o antecessor Lula no caso se não forem socorridas. Há duas semanas, o ministro recebeu em seu gabinete, em Brasília, o advogado Sérgio Renault, defensor da UTC, que estava acompanhado do ex-deputado petista Sigmaringa Seixas.
O relato da conversa percorreu os gabinetes de Brasília e os escritórios de advocacia como um sopro de esperança para políticos e empresários acusados de se beneficiarem do dinheiro desviado da Petrobras. Não sem razão. Na reunião, que não constou da agenda oficial, Cardozo disse a Renault que a Operação Lava-Jato mudaria de rumo radicalmente, aliviando as agruras dos suspeitos de crimes como corrupção e lavagem de dinheiro. O ministro afirmou ainda que as investigações do caso envolveriam o nome de oposicionistas, o que, segundo a tradição da política nacional, facilitaria a costura de um acordo para que todos se safem. Depois disso, Cardozo fez algumas considerações sobre os próximos passos e, concluindo, desaconselhou a UTC a fechar um acordo de delação premiada. Era tudo o que os outros convivas queriam ouvir. Para defender a UTC, segundo documentos apreendidos pela polícia, o escritório de Renault receberá 2 milhões de reais. Além disso, se conseguir anular as provas e as delações premiadas que complicam a vida de seu cliente, embolsará mais 1,5 milhão de reais. Renault esgrime a tese de que a Lava-Jato está apinhada de irregularidades, como a coação de investigados. No encontro, Cardozo disse o mesmo ao advogado, ecoando uma análise jurídica repetida como mantra pelos líderes petistas.
Depois da reunião no ministério, representantes de UTC e Camargo Corrêa recuaram nas conversas com o Ministério Público para um acordo de delação premiada. A OAS manteve-se distante da mesa de negociação. "Na quarta-feira (um dia depois do encontro em Brasília), fomos orientados a suspender as conversas com os procuradores", confidencia um dos advogados do caso. Cardozo não operou esse milagre sozinho. "Chegou o recado de que o Lula entrará para valer no caso e assumirá a linha de frente. Isso aumentou a esperança de que o governo não deixe as empresas na mão", diz outro advogado de uma empreiteira. O ex-presidente, como se sabe, é pouco afeito à leitura. Nada que resista à urgência dos fatos. Na festa de comemoração dos 35 anos do PT, em Belo Horizonte, Lula foi fotografado lendo um artigo do juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava-Jato na primeira instância, sobre a Operação Mãos Limpas, que atacou o crime organizado na Itália. Desde a troca de comando na Petrobras, com a substituição de Maria das Graças Foster por Aldemir Bendine, Lula opera nos bastidores para que o governo ajude as empreiteiras financeiramente, a fim de impedir que quebrem ou deixem de honrar empréstimos contratados em bancos públicos e privados. Disciplinado, Bendine tem como missão costurar a renegociação dos contratos das fornecedoras da Petrobras com as instituições financeiras. Diligente, o presidente da estatal também determinou que fosse realizado um levantamento de todas as comunicações formais trocadas entre os executivos da Petrobras e o Palácio do Planalto — desde 1994.
Lula fez chegar aos empreiteiros que considerou errada a decisão da Petrobras de suspender negócios com fornecedores que estão sob investigação. Para o ex-presidente, era necessário esperar pela conclusão dos processos judiciais antes de adotar sanções. Diz um estrelado governista: "Se o Lula não agisse, estaríamos ferrados. Ele é a única liderança que pode catalisar esse processo". Desde o estouro do escândalo do petrolão, o ex-presidente repete que Dilma falha ao não se empenhar para debelar a crise. A prioridade dele é impedir que o escândalo da Petrobras siga a trilha do mensalão, que começou com um funcionário de terceiro escalão dos Correios embolsando uma propina de 3 000 reais e terminou com a antiga cúpula do PT na cadeia. Lula acredita que o petrolão pode inviabilizar a permanência do partido no poder e sua candidatura à Presidência da República em 2018. Delatores do esquema de corrupção, como o ex-diretor Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef, já disseram que o dinheiro desviado da Petrobras foi repassado como doação legal ao PT, financiando, inclusive, a campanha à reeleição de Dilma.
Ex-gerente da Petrobras, Pedro Barusco declarou às autoridades que o PT arrecadou, entre 2003 e 2013, de 150 milhões a 200 milhões de dólares em propinas na estatal. Esse quebra-cabeça da corrupção está sendo montado com os depoimentos de ex-servidores e operadores. A delação premiada de uma empreiteira de grande porte preencheria facilmente as lacunas que ainda restam. É aí que reside o perigo para o governo e o PT. Um perigo que tem nome e sobrenome: Ricardo Pessoa, o dono da UTC. Preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, Pessoa é amigo de Lula e viu seus negócios crescerem exponencialmente no governo do petista. Em 2014, foi um generoso doador da campanha presidencial de Dilma. Depois de três meses preso, o empresário perdeu a paciência, cansou de esperar por ajuda e passou a ameaçar o governo. A mensagem é clara: se não for socorrido, narrará ao Ministério Público, em detalhes, episódios nada edificantes para a mandatária e seu antecessor. "Edinho Silva (tesoureiro da campanha à reeleição de Dilma) está preocupadíssimo. Todas as empreiteiras acusadas de esquema criminoso da Operação Lava-Jato doaram para a campanha de Dilma. Será se (sic) falarão sobre vinculações campanha x obras da Petrobras?", escreveu o empresário, quando já estava atrás das grades, num bilhete revelado por VEJA.
Ricardo Pessoa contou a amigos ter informações de sobra sobre o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, um dos principais operadores do partido dentro da Petrobras. Homem de confiança de Lula, Vaccari teria intermediado um repasse de 30 milhões de reais da UTC para campanhas em 2014, dos quais 10 milhões de reais para pagar despesas eleitorais da presidente-candidata. São essas histórias que o empresário pode contar ao Ministério Público. Descontentes com o tratamento dispensado pelo governo, familiares de Pessoa já deixaram claro que não descartam a delação premiada. Numa conversa recente, a esposa dele desabafou: "Eu vivi quarenta anos sem meu marido enquanto ele trabalhava dia e noite. Agora estou sem ele, e meu marido corre o risco de ficar sem a empresa". Antes de ser preso, Pessoa acreditava numa virada de mesa jurídica. Num manuscrito apreendido pelos investigadores da Lava-Jato, ele defendia a necessidade de atuar na imprensa, de forma a pressionar as autoridades, e no Judiciário, a fim de tirar da responsabilidade do juiz Sergio Moro os processos relacionados ao caso. A cadeia mudou o humor do empreiteiro, o que levou o ministro da Justiça a se mexer.
Procurados por VEJA, Cardozo, Renault e Sigmaringa tropeçaram nas próprias contradições ao tentar esclarecer a reunião no Ministério da Justiça, classificada por eles como um mero bate-papo entre amigos sobre assuntos banais. Cardozo disse inicialmente que não se reuniu com Renault. Depois, admitiu o encontro. A primeira reação de Sigmaringa também foi negar a audiência com Renault no gabinete do ministro, para, em seguida, recuar. Os amigos compartilham, como se vê, do mesmo problema de memória. Na versão de Cardozo, a reunião teria sido obra do acaso. Sigmaringa, um "amigo de longa data", teria ido visitá-lo. Renault, que estava em Brasília e tinha um almoço marcado com o ex-deputado, decidiu se encontrar com Sigmaringa também no ministério. Pimba! Por uma conjunção cósmica, o advogado da UTC, empresa investigada pela Polícia Federal, acabou no gabinete de José Eduardo Cardozo.
"Liguei e perguntei para o "Sig" onde poderia encontrá-lo. Ele disse que tinha uma conversa com o ministro da Justiça e perguntou se eu não queria passar lá. Pensei: passo e até dou um abraço no ministro. Conversamos como dois amigos na presença do Sig", contou o advogado. Renault e Sigmaringa são velhos conhecidos de Márcio Thomaz Bastos. O primeiro foi secretário da Reforma do Judiciário no governo Lula, quando era subordinado a MTB. O segundo sempre atuou como auxiliar de luxo de MTB em operações cruciais desenroladas no Judiciário — da nomeação de ministros para tribunais superiores ao acompanhamento de processos de interesse do governo. Sigmaringa chancelou a indicação de Teori Zavascki, de quem é amigo, para o Supremo Tribunal Federal. Em dezembro passado, Zavascki concedeu habeas corpus a Renato Duque, o ex-diretor de Serviços da Petrobras acusado por um subalterno de embolsar 40 milhões de dólares em propina. Duque chegou ao cargo na estatal pelas mãos do mensaleiro José Dirceu. Depoimentos de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef divulgados na última semana implicam o ex-chefe da Casa Civil nos enredos nada republicanos protagonizados por seu afilhado político.
O escândalo está trincando as mais sólidas alianças. Depois de ficar quase um ano preso, Dirceu procurou Lula para dizer que não aceita ser responsabilizado de novo, como ocorreu no processo do mensalão. Lula não lhe deu satisfação. Hoje, os dois grandes líderes petistas estão praticamente rompidos. Numa conversa recente, o ex-presiden-te fez questão de ressaltar que, quando o PT assumiu o poder, em 2003, quem operava firme na Petrobras não era João Vaccari, um de seus homens de confiança, mas Silvio Pereira. "E o Silvinho era de quem?", perguntou Lula. "Do nosso amigo lá", acrescentou, referindo-se a Dirceu. A conflagração dentro do PT só não é maior porque Duque foi o único peixe graúdo do petrolão a se livrar da prisão antes das festas de fim de ano. Na semana passada, a Segunda Turma do STF decidiu manter o ex-diretor Duque em liberdade. O colegiado seguiu o voto de Zavascki. Ato contínuo, os advogados dos executivos presos começaram a redigir os pedidos de soltura de seus clientes. A mudança radical nos rumos da Lava-Jato prometida no gabinete do ministro da Justiça pode estar começando
*
PALÁCIO DO PLANALTO E TCU ARMAM PARA ATRAPALHAR AS DELAÇÕES PREMIADAS E A INVESTIGAÇÃO LAVA JATO
 
*
Ninguém mais fala da INSTRUÇÃO NORMATIVA 74, a sabotadora?

Aqui o link da operação LAVA JATO

Passo a passo 2: Os novos golpes do PT contra a Operação Lava Jato. O que mais esperar de Cardozo?

 

HANGOUT Lobão, Diego Casagrande, Percival Puggina e Th...

Carnaval e Ditadura - NANDO MOURA

domingo, 22 de fevereiro de 2015

A VERDADE ESTÁ NA CARA, MAS NÃO SE IMPÕE - TEXTO DE ARNALDO JABOR CENSURADO PELO TSE

Disse Lenin: "É preciso estar disposto a todos os sacrifícios e, inclusive, empregar todos os estratagemas, ardis e processos ilegais, silenciar e ocultar a verdade." 

A VERDADE ESTÁ NA  CARA, MAS NÃO SE IMPÕE.
(ARNALDO JABOR)

ALERTA DE DORA KRAMER SOBRE ARNALDO JABOR

Assunto:Leia o comentário de Dora Kramer, Estadão de Domingo:

'A decisão do TSE, sob a presidência de LEVANDOWISKI, determinou a retirada do comentário de Arnaldo Jabor do site da CBN, a pedido do presidente 'Lula', feriu o preceito constitucional da liberdade de imprensa.

A VERDADE ESTÁ NA CARA, MAS NÃO SE IMPÕE. (ARNALDO JABOR)

O que foi que nos aconteceu? No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor, 'explicáveis' até demais.

Quase toda a verdade já foi descoberta, quase todos os crimes provados, quase todas as mentiras percebidas. Tudo já aconteceu e quase nada acontece. Parte dos culpados estão catalogados, fichados, processados e condenados e quase nada rola.

A verdade está na cara, mas a verdade não se impõe, tais são as manobras de procrastinação, movidas por um sem número de agentes da quadrilha. Isto é uma situação inédita na História brasileira!!!!!!! Nunca a verdade foi tão límpida à nossa frente e, no entanto, tão inútil, impotente e desfigurada!!!!!!!!

Os fatos reais mostram que, com a eleição de Lula, uma quadrilha se enfiou no governo, de cabo a rabo da máquina pública e desviou bilhões de dinheiro público para encher as contas bancárias dos quadrilheiros e dominar o Estado Brasileiro, tendo em vista se perpetuarem no poder, pelo menos, por 70 anos, como fizeram os outros comunas, com extinta UNIÃO SOVIÉTICA!!!!

Grande parte dos culpados, já são conhecidos, quase tudo está decifrado, os cheques assinados, as contas no estrangeiro, os tapes, as provas irrefutáveis, mas os governos psicopatas de Lula e Dilma negam e ignoram tudo!!!!!

Questionado ou flagrado, o psicopata CHEFE, não se responsabiliza por suas ações. Sempre se acha inocente ou vítima do mundo, do qual tem de se vingar. O outro não existe para ele e não sente nem remorso, nem vergonha do que fez!!!!! Mente, compulsivamente, acreditando na própria mentira, para conseguir o poder. Estes governos são psicopatas!!! Seus membros riem da verdade, viram-lhe as costas, passam-lhe a mão nas nádegas. A verdade se encolhe, humilhada, num canto. E o pior, é que a dupla Lula-Dilma, amparada em sua imagem de 'povo', consegue transformar a Razão em vilã, as provas, em acusações 'falsas', a condição de Cúmplices e Comandantes, em 'vítimas'!!!!!

E a população ignorante e alienada, engole tudo.. Como é possível isso? Simples: o Judiciário paralítico entoca a maioria dos crimes, na Fortaleza da lentidão e da impunidade, a exceção do STF, que, só daqui a seis meses, na melhor das hipóteses, serão concluídos os julgamentos iniciais da trupe, diz o STF.

Parte dos delitos são esquecidos, empacotados, prescrevem, com a ajuda sempre presente, dos TÓFFOLIS e dos LEVANDOWISKIS. (Some-se à estes dois: Barroso, Teori Zawaski e Rosa Weber.)

A Lei protege os crimes e regulamenta a própria desmoralização. Jornalistas e formadores de opinião sentem-se inúteis, pois a indignação ficou supérflua. O que dizemos não se escreve, o que escrevemos não se finca, tudo quebra diante do poder da mentira desses últimos dois governos. Sei que este, é um artigo óbvio, repetitivo, inútil, mas tinha de ser escrito...


Está havendo uma desmoralização do pensamento. Deprimo-me: Denunciar para quê, se indignar com quê? Fazer o quê?' A existência dessa estirpe de mentirosos está dissolvendo a nossa língua. Este neocinismo está a desmoralizar as palavras, os raciocínios. A língua portuguesa, os textos nos jornais, nos blogs, na TV, rádio, tudo fica ridículo diante da ditadura do lulo-petismo. A cada negação do óbvio, a cada testemunha, muda, aumenta a sensação de que as idéias não correspondem mais aos fatos!!!!!

Pior: que os fatos não são nada - só valem as versões, as manipulações. Nos últimos anos, tivemos um grande momento de verdade, louca, operística, grotesca, mas maravilhosa, quando o Roberto Jefferson abriu a cortina do país e deixou-nos ver os intestinos de nossa política. Depois, surgiram dois grandes documentos históricos: o relatório da CPI dos Correios e a Denúncia do Procurador-geral da república, enquadrando os 39 quadrilheiros do escândalo do MENSALÃO. Faltou o CHEFÃO.

São verdades cristalinas, com sol a Pino. E, no entanto, chegam a ter um sabor quase de 'gafe'. Lulo-Petistas clamam: 'Como é que o Procurador Geral, nomeado pelo Lula, tem o desplante de ser tão claro! Como que o Osmar Serraglio pode ser tão explícito e, como o Delcídio Amaral não mentiu em nome do PT ? Como pode ser tão fiel à letra da Constituição, o infiel Joaquim Barbosa ? Como ousaram ser tão honestos?'

Sempre que a verdade eclode, reagem. Quando um juiz condena rápido, é chamado de exibicionista'. Quando apareceu aquela grana toda, no Maranhão, a família Sarney reagiu ofendida com a falta de 'finesse' do governo de FH, que não teve a delicadeza de avisar que a polícia estava chegando....

Mas agora é diferente. As palavras estão sendo esvaziadas de sentido. Assim como o stalinismo apagava fotos, reescrevia textos para contestar seus crimes, o governo de Lula, foi criando uma língua nova, uma neo-língua empobrecedora da ciência política. Uma língua esquemática, dualista, maniqueísta, nos preparando para o futuro político simplista, que está se consolidando no horizonte.

Toda a complexidade rica do país será transformada em uma massa de palavras de ordem , de preconceitos ideológicos movidos a dualismos e oposições, como tendem a fazer o Populismo e o Simplismo.

Não deixe de repassar é o mínimo que podemos fazer diante de tanta corrupção!  

***

"Se as palavras não significam senão palavras, a diferença entre mentira e verdade se torna irrelevante."
https://www.facebook.com/carvalho.olavo/posts/785796348239108
 

  “Os comunistas devem lembrar-se de que falar a verdade é um preconceito pequeno-burguês; uma mentira, por outro lado, é muitas vezes justificada pelo fim.” Lenin  

TENTATIVA DE INVALIDAR OS DEPOIMENTOS DA DELAÇÃO PREMIADA E SABOTAR A INVESTIGAÇÃO LAVA JATO:

Project Camelot - Dan Burisch Out from under Majestic 1/3 - Legendado Po...

A ÁGUA SUMIU POR CAUSA DA CORRUPÇÃO PETISTA? NANDO MOURA

A Falta D´água também é culpa da Dilma

Preso pela PF, diretor da ANA foi apadrinhado por Lula e Dirceu - Nome de Paulo Vieira foi rejeitado duas vezes, mas Planalto não recuou

*
TCU DECIDE INVESTIGAR CRISE HÍDRICA E APONTA POSSÍVEL INÉRCIA DA ANA.

*

O que Dilma não disse, mas poderia falar sobre a crise hídrica 

http://g1.globo.com/natureza/blog/mundo-sustentavel/post/o-que-dilma-nao-disse-mas-poderia-falar-sobre-crise-hidrica.html

*
Mais:
 
 
 
 

HADDAD INVESTIGADO: PSDB tenta criar CPI das ciclovias by @RachelSherazade

Danilo Gentili explica a diferença entre PT e PSDB

Olavo de Carvalho - A destruição gradativa dos valores culturais ocidentais

PT e um "Golpe de Estado" anunciado

O Choque dos Deuses Anunnaki 3

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Desabafo de Joaquim Barbosa , EU NÃO VOTO EM DILMA !

Filosofia Islâmica - História da Filosofia - Olavo de Carvalho

A Petrobras é nossa? Não, o prejuízo e nosso.

MARXISMO: A MÁQUINA DE ASSASSINAR



MARXISMO: A MÁQUINA ASSASSINA

Com a queda da União Soviética e dos governos comunistas do Leste Europeu, muitas pessoas passaram a crer que o marxismo, a religião do comunismo, está morto.  Ledo engano.  O marxismo está vivo e vigoroso ainda em muitos países, como Coréia do Norte, Cuba, Vietnã, Laos, em vários países africanos e, principalmente, na mente de muitos líderes políticos da América do Sul.   
 
No entanto, de extrema importância para o futuro da humanidade é o fato de que o comunismo ainda segue poluindo o pensamento e as ideias de uma vasta multidão de acadêmicos e intelectuais do Ocidente.

De todas as religiões, seculares ou não, o marxismo é de longe a mais sangrenta — muito mais sangrenta do que a Inquisição Católica, do que as várias cruzadas e do que a Guerra dos Trinta Anos entre católicos e protestantes. Na prática, o marxismo foi sinônimo de terrorismo sanguinário, de expurgos seguidos de morte, de campos de prisioneiros e de trabalhos forçados, de deportações, de inanição dantesca, de execuções extrajudiciais, de julgamentos "teatrais", e de genocídio e assassinatos em massa.

No total, os regimes marxistas assassinaram aproximadamente 110 milhões de pessoas de 1917 a 1987.  Para se ter uma perspectiva deste número de vidas humanas exterminadas, vale observar que todas as guerras domésticas e estrangeiras durante o século XX mataram aproximadamente 35 milhões de pessoas.   Ou seja, quando marxistas controlam estados, o marxismo é mais letal do que todas as guerras do século XX combinadas, inclusive a Primeira e a Segunda Guerra Mundial e as Guerras da Coréia e do Vietnã.

E o que o marxismo, o maior de todos os experimentos sociais humanos, realizou para seus cidadãos pobres à custa deste sangrento número de vidas humanas? Nada de positivo.  Ele deixou em seu rastro apenas desastres econômicos, ambientais, sociais e culturais.

O Khmer Vermelho — comunistas cambojanos que governaram o Camboja por quatro anos — fornece algumas constatações quanto ao motivo de os marxistas acreditarem ser necessário e moralmente correto massacrar vários de seus semelhantes.  O marxismo deles estava em conjunção com o poder absoluto.  Eles acreditavam, sem nenhuma hesitação, que eles e apenas eles sabiam a verdade; que eles de fato construiriam a plena felicidade humana e o mais completo bem-estar social; e que, para alcançar essa utopia, eles tinham impiedosamente de demolir a velha ordem feudal ou capitalista, bem como a cultura budista, para então reconstruir uma sociedade totalmente comunista.  

Nada deveria se interpor a esta realização humanitária.  O governo — o Partido Comunista — estava acima das leis. Todas as outras instituições, normas culturais, tradições e sentimentos eram descartáveis.

Os marxistas viam a construção dessa utopia como uma guerra contra a pobreza, contra a exploração, contra o imperialismo e contra a desigualdade — e, como em uma guerra real, não-combatentes também sofreriam baixas. Haveria um necessariamente alto número de perdas humanas entre os inimigos: o clero, a burguesia, os capitalistas, os "sabotadores", os intelectuais, os contra-revolucionários, os direitistas, os tiranos, os ricos e os proprietários de terras.  Assim como em uma guerra, milhões poderiam morrer, mas essas mortes seriam justificadas pelos fins, como na derrota de Hitler na Segunda Guerra Mundial.  Para os marxistas no governo, o objetivo de uma utopia comunista era suficiente para justificar todas as mortes.

A ironia é que, na prática, mesmo após décadas de controle total, o marxismo não apenas não melhorou a situação do cidadão comum, como tornou as condições de vida piores do que antes da revolução.  Não é por acaso que as maiores fomes do mundo aconteceram dentro da União Soviética (aproximadamente 5 milhões de mortos entre 1921-23 e 7 milhões de 1932-33, inclusive 2 milhões fora da Ucrânia) e da China (aproximadamente 30 milhões de mortos em 1959-61).  No total, no século XX, quase 55 milhões de pessoas morreram em vários surtos de inanição e epidemias provocadas por marxistas — dentre estas, mais de 10 milhões foram intencionalmente esfaimadas até a morte, e o resto morreu como consequência não-premeditada da coletivização e das políticas agrícolas marxistas.

O que é espantoso é que esse histórico fúnebre do marxismo não envolve milhares ou mesmo centenas de milhares, mas milhões de mortes.  Tal cifra é praticamente incompreensível — é como se a população inteira do Leste Europeu fosse aniquilada.  O fato de que mais 35 milhões de pessoas fugiram de países marxistas como refugiados representa um inquestionável voto contra as pretensões da utopia marxista.  [Tal número equivale a todo mundo fugindo do estado de São Paulo, esvaziando-o de todos os seres humanos.]

Há uma lição supremamente importante para a vida humana e para o bem-estar da humanidade que deve ser aprendida com este horrendo sacrifício oferecido no altar de uma ideologia: ninguém jamais deve usufruir de poderes ilimitados.

Quanto mais poder um governo usufrui para impor as convicções de uma elite ideológica ou religiosa, ou para decretar os caprichos de um ditador, maior a probabilidade de que vidas humanas sejam sacrificadas e que o bem-estar de toda a humanidade seja destruído.  À medida que o poder do governo vai se tornando cada vez mais irrestrito e alcança todos os cantos da sociedade e de sua cultura, maior a probabilidade de que esse poder exterminará seus próprios cidadãos.

À medida que uma elite governante adquire o poder de fazer tudo o que quiser, seja para satisfazer suas próprias vontades pessoais ou, como é o caso dos marxistas de hoje, para implantar aquilo que acredita ser certo e verdadeiro, ela poderá impor seus desejos sem se importar com os custos em vidas humanas.  O poder é a condição necessária para os assassinatos em massa.  Quando uma elite obtém autoridade plena, várias causas e condições poderão se combinar para produzir o genocídio, o terrorismo, os massacres ou quaisquer assassinatos que os membros dessa elite sintam serem necessários.  No entanto, o que tem de estar claro é que é o poder — irrestrito, ilimitado e desenfreado — o verdadeiro assassino.

Nossos acadêmicos e intelectuais marxistas da atualidade usufruem um passe livre.  Eles não devem explicações a ninguém e não são questionados por sua defesa de uma ideologia homicida.  Eles gozam de um certo respeito porque estão continuamente falando sobre melhorar as condições de vida dos pobres e dos trabalhadores, suas pretensões utópicas.  Porém, sempre que adquiriu poder, o marxismo fracassou miserável e horrendamente, assim como o fascismo.  Portanto, em vez de serem tratados com respeito e tolerância, marxistas deveriam ser tratados como indivíduos que desejam criar uma pestilência mortal sobre todos nós.

Da próxima vez que você se deparar com marxistas ou com seus quase equivalentes, os fanáticos esquerdistas, pergunte como eles conseguem justificar o assassinato dos mais de cento e dez milhões de seres humanos que sua fé absolutista provocou, bem como o sofrimento que o marxismo criou para as outras centenas de milhões de pessoas que conseguiram escapar e sobreviver

R.J. Rummel , professor emérito de ciência política e finalista de Prêmio Nobel da Paz, é o mais aclamado especialista mundial em democídio, termo que ele cunhou para se referir a assassinatos cometidos por governos.  Escreveu o livro Death by Government, leitura obrigatória para qualquer pessoa que queira se inteirar das atrocidades cometidas por governos.  Ao todo, Rummel já publicou 29 livros e recebeu numerosas condecorações por sua pesquisa.

http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1584

 
O Inimigo é um só
http://blogconsciente.com/2014/04/30/o-inimigo-e-um-so/

DITADURA COMUNISTA CHINESA ASSASSINA CIDADÃOS PARA RETIRADA DE ÓRGÃOS E OPERA NO MERCADO INTERNACIONAL DE TRANSPLANTES
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/06/ditadura-comunista-chinesa-assassina.html

ROUBOLUÇÃO CUBANA - ROUBO E COMÉRCIO DE FETOS
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/06/roubolucao-cubana.html

O VAMPIRO CHE GUEVARA ´COMÉRCIO DE SANGUE DE DISSIDENTES

CHINA EXECUTA CONDENADOS E VENDE SEUS ÓRGÃOS

DITADURA COMUNISTA CHINESA ASSASSINA CIDADÃOS PARA RETIRADA DE ÓRGÃOS E OPERA NO MERCADO INTERNACIONAL DE TRANSPLANTES

 
"O socialismo consiste na promessa de obter um resultado pelos meios que produzem necessariamente o resultado inverso."
Olavo de Carvalho

PROJETO CAMELOT COM BOB DEAN - Futuretalk 5 Hora da Verdade - Legendado Portugues

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Direito de Parir - @RachelSherazade

Olavo de Carvalho - ideias e frases (Maquiavel ou a Confusão Demoníaca)

AUMENTO DE 80% NA CONTA DE LUZ PARA PAGAR A GASTANÇA GOVERNAMENTAL

.
 
 
 
 
PETROLÃO - TRAMÓIAS E CONCHAVOS PETISTAS PARA MANIPULAR OPERAÇÃO LAVA JATO E DELAÇÕES
 
Dilma e João Santana lançam o programa "Mais Marketing" http://youtu.be/7tMrRWm9WFk
 
DILMA ESCOLHE O TEATRO COMUNISTA AO INVÉS DE GOVERNAR DE VERDADE e aí necessariamente vem a CENSURA para proteger sua frágil imagem do confronto com fatos, denúncias, críticas e opiniões adversas.
 
 
CORRUPÇÃO, IMPROBIDADE, DESGOVERNO = IMPEACHMENT - CARLOS SAMPAIO http://youtu.be/2PbZ1-tsIio
 
"Enquanto 88 bilhoes eram desviados da Petrobrás, Hugo Chaves comprava mais de 20 bilhões de dólares em armas russas e montou a maior base militar comunista de toda a América latina, bem aqui nas nossas barbas."https://www.youtube.com/watch?v=lmBBDjRKxCs#t=788
 
Qualquer pretenso analísta político que não entenda que a corrupção sistêmica é parte integrante de um projeto de conquista do poder total, que esse projeto está intimamente ligado a terrorismo, narcotráfico e contrabando de armas, e que o comando da coisa vem de Cuba por meio dos encontros reservados do Foro de São Paulo é um idiota útil na mais bondosa das hipóteses. Sua opinião a respeito do que quer que seja não vale nada, a não ser na hipótese do relógio parado. - OLAVO DE CARVALHO https://www.facebook.com/carvalho.olavo/posts/441267882691958
 
A competência dos incompetentes
Uma vez eleito, o sujeito tem de governar, e aí a incongruência entre a fala e os atos torna-se discordância entre duas séries de atos, uma destinada a implementar os objetivos nominais do seu governo, outra a realizar as finalidades secretas, ou discretas, do esquema de poder que o elegeu. De um lado, trata-se de administrar o país relativamente bem, para se manter alto nas pesquisas. De outro, busca-se desmantelar o Estado e a própria sociedade, para que o partido revolucionário possa se sobrepor a ambos e engoli-los. Não se pode dizer que o governo Lula tenha duas cabeças, porque só uma cabeça única, e bem organizada, pode coordenar esse delicado e complexo jogo duplo. Mas o processo tem um limite natural.
Não é possível desmantelar o Estado e manter o governo funcionando; nem anarquizar a sociedade e continuar indefinidamente dando a impressão de ordem e progresso. Mais dia, menos dia, um dos lados vai ter de predominar. A lógica interna da estratégia revolucionária espera que esse momento só chegue quando as "forças populares" estiverem prontas para rasgar sua própria máscara e partir para a tomada ostensiva do poder. No segundo mandato de Lula, porém, o limite natural do processo foi atingido antes disso.http://www.olavodecarvalho.org/semana/070718dc.html
 
DEBATE PÚBLICO: MARCO CENSOR DA INTERNET - SE O PT QUER, É DITADURA http://youtu.be/aHqa4W8HbuI
 
INTERVENÇÃO MILITAR SÓ É POSSÍVEL SE NOSSA FALSA DEMOCRACIA FOR COMPROVADA? - DALMO ACCORSINI http://youtu.be/pllt_9AZpww
 
O que aprendi com o professor Olavo de Carvalho - Petrobras, parte II http://youtu.be/RGZqhX60heA 
 

MARXISMO - A Idiotização #1 - Introdução - Hegel

Catador de papelão desabafa de modo contundente contra Lula e Dilma e fa...

Pai do Transtorno do Déficit de Atenção confessa a sua mentira

.

Leon Eisenberg, O TDAH é uma Mentira



 http://www.tdahiperatividade.com.br/leon-eisenberg-o-tdah-e-uma-mentira/

Olavo de Carvalho - ideias e frases

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

GOLPE DE CARNAVAL - PALÁCIO DO PLANALTO E TCU ARMAM PARA ATRAPALHAR AS DELAÇÕES PREMIADAS E A INVESTIGAÇÃO LAVA JATO

Ninguém mais fala da INSTRUÇÃO NORMATIVA 74, a sabotadora?

Aqui o link da operação LAVA JATO
Passo a passo 2: Os novos golpes do PT contra a Operação Lava Jato. O que mais esperar de Cardozo?



João Capiberibe explica porque quer sustar instrução normativa 74/2015 do TCU

*
 
POR QUE LULA E DILMA TEMEM A DELAÇÃO PREMIADA?
RESUMO DO GOLPE: MUDARAM AS REGRAS PARA A REALIZAÇÃO DA DELAÇÃO PREMIADA ( ACORDO DE LENIÊNCIA). A APROVAÇÃO VAI DEPENDER DO TCU PETRALHA. AS SESSÕES COM O ACORDO DA DELAÇÃO PREMIADA SERÃO SECRETAS (RESERVADAS) E SÓ PODEM SER FEITAS COM O AVAL DO TCU E NÃO DA JUSTIÇA.(SÉRGIO MORO).
OUTRO DETALHE: AS EMPRESAS ENVOLVIDAS NAS FALCATRUAS, PODERÃO CONTINUAR TRABALHANDO PARA O GOVERNO.
NORMA 74: (CRIADA PELO TCU, NO DIA 11/02/2015, A TOQUE DE CAIXA, COM UMA RAPIDEZ RECORD, E APOIADA PELA CGU.
Mais em:
 
***

Paulo Roberto Costa disse em depoimento que não foi o único diretor da Petrobras a receber propina. Taí uma coisa em que acredito. De resto, isso já está dado, não é? Todos sabemos que há outros. E eu vou mais longe, e é este o ponto que me interessa: que razão haveria para o esquema vigorar apenas na Petrobras? Não se está diante de um desvio, mas de um método.
O que me incomoda na tese do Ministério Público Federal, que sustenta a formação de cartel de empreiteiras? A suposição de que elas decidiram se unir para fraudar contratos com a Petrobras. Não! O que se viu na estatal é um modelo de relação do estado com o setor privado. E quem dá as cartas e tem o monopólio da aplicação da lei é esse estado.
mais em:
Em encontro com advogados, o ministro da Justiça tranquiliza empreiteiras ao garantir que investigações da Lava-Jato sofrerão uma reviravolta logo depois do Carnaval http://www.eb.mil.br/web/imprensa/resenha/-/journal_content/56/18107/6193458?refererPlid=18115#.VOuEqC6znpB

Eu conheço vários médios e pequenos empresários que foram prensados por funcionários federais em busca de propina, para aprovar a firma.  Essa é a regra, com poucas exceções.

 
VÍDEO ORIGINAL
Joice Hasselmann   Folia TCU e Planalto jogam juntos para furar a Lava Jato http://youtu.be/xOxKAAFW62w
Instrução Normativa 74 do TCU Favorece Construtoras no Caso Lava Jato -  Acaba de sair do forno do inferno mais um monstrengo burocrático para fingir que se combate a corrupção, ao mesmo tempo em que se coloca uma trava na ação do Ministério Público (Federal e estaduais). A Instrução normativa 74, baixada dia 11 de fevereiro pelo impropriamente chamado Tribunal de Contas da União só pode ter sido produzido na mesinha de um redator de programa humorístico. Boatos nos bastidores indicam que tudo foi elaborado com a ajuda da Advocacia Geral de União e da Controladoria Geral da União - órgãos do poder Executivo encarregados de fiscalizar o próprio executivo... Genial, né... (...)  O Palhaço do Planalto armou para a AGU e a CGU influenciarem o TCU a baixar uma norma para obrigar todos os órgãos da administração pública (incluindo o MPF) a só fazer acordo de leniência (a colaboração premiada entre judiciário, governo e empresas) com o aval do TCU. Tal obrigação não teria pé nem cabeça.  Primeiro, porque TCU não é tribunal - não poderia nem ser chamado assim porque não faz parte do judiciário. No máximo, deveria ser denominado conselho de contas... Conceitualmente, o TCU é um órgão auxiliar do Poder Legislativo. Bacana... Então, como poderá ter isenção total para fiscalizar tal poder? O TCU é uma aberração, com conselheiros vitalícios, muitas vezes indicados pelo poder executivo... Está dando para entender a zona?  
Agora, justamente no momento em que a Força da Tarefa da Lava Jato começa a utilizar muito bem os instrumentos da chamada "transação penal", a malandragem burocrática descobriu uma brecha exatamente na Lei Anticorrupção, para dar a prerrogativa intervencionista ao TCU. Na prática, os acordos firmados até agora na Lava Jato podem ir por água abaixo. Ou, então, passarem pela revisão de um órgão que tem evidente influência dos poderosos políticos cujos nomes devem aparecer na lista negra do Petrolão, provavelmente depois do carnaval baiano, aquele que acaba nunca...
(...) A "Gestapo tupiniquim" está em ação... Tão ou mais grave que esta Instrução 74 foi o fato público e notório de o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ter recebido em uma audiência, em seu gabinete, no dia 5 deste mês de fevereiro, três advogados representantes da empreiteira Odebrecht, citada na Operação Lava- Jato, mas ainda não formalmente indiciada por nada. O encontro consta da agenda oficial do ministro, sem informar que os advogados representam a maior transnacional brasileira. Na atual conjuntura de turbulência, Cardozo cometeu, no mínimo, uma estupidez com tal "visita institucional"...
(...) Já pensou se, a partir de agora, os membros do MPF ou MPs resolverem processar os conselheiros que tenham aprovado contas irregulares de políticos-gestores processados por improbidade? Ou, então, como fica a bagaça, se os advogados dos acusados de improbidade comprovadas alegarem que eles são inocentes e não podem ser acusados pelo Ministério Público, simplesmente porque tiveram suas contas aprovadas anteriormente pelos conselheiros? As cabeças pensantes e honestas do MP precisam ficar mais atentas...
Resumindo: com tantas normas, regras e leis contraditórias, junto com os infindáveis recursos previstos em nossa lei processual, a impunidade ganha mais força e vigor no Brasil. Se o modelo institucional do Estado brasileiro não for reformulado, para ter transparência, legitimidade e eficiência, com regras e sanções bem claras, e fiscalização externa promovida por cidadãos tecnicamente capacitados e eleitos para cumprir a função por tempo determinado, tudo continuará como dantes no Cassino do Al Capone.

Joaquim Barbosa reclama da tentativa de livrar os empreiteiros no tapetãohttp://youtu.be/ny5bIZUkkIw
José Eduardo Cardozo dá golpe na Lava Jato by Jose Nêumanne Filho - @RachelSherazade
BRASIL SOFRE GOLPE JUDICIÁRIO ÁS VÉSPERAS DO CARNAVAL http://www.criticapolitica.org/2015/02/brasil-sofre-golpe-judiciario-as.html 
José Eduardo Cardozo dá golpe na Lava Jato. Ele precisa ser demitido e punido judicialmente
PF APREENDE DOCUMENTOS COM ESTRATÉGIAS PARA  ANULAR A OPERAÇÃO LAVA-JATO
A Polícia Federal apreendeu na residência do presidente da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa, seis páginas de anotações manuscritas com estratégias das empreiteiras para anular a Operação Lava-Jato. Nas anotações constam metas de um “Projeto Tojal” ao custo total de R$ 3,5 milhões. Entre os pontos mencionados estavam trechos como “trazer a investigação para o STF”, “estudar o acordo”, “fragilizar” ou “eliminar” as colaborações premiadas firmadas e “campanha na imprensa para mudar a opinião pública” .
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes foram flagrados em um grampo da Polícia Federal conversando com um investigado por corrupção, o ex-governador do Mato Grosso, Silval Barbosa.
 COSTA, CARDOSO E A SEM-VERGONHICE INSTITUCIONALIZADA
 Mensalão: Polícia Federal abre inquérito contra Lula
 Aposta no aperfeiçoamento das instituições? Então Cardozo precisa sair!
Militares fecham acordo para não falar em impeachment de Dilma http://www.alertatotal.net/2015/02/militares-fecham-acordo-para-nao-falar.html?spref=fb
O BRASIL COMETEU QUATRO SUICÍDIOS POLÍTICOS AO ELEGER O PT http://ucho.info/os-quatro-suicídios

WIKILEAKS VAZA DOCUMENTOS QUE LIGAM DILMA E PASSADENA

VENEZUELA PRENDE JUIZ QUE CONDENOU TRAFICANTE ALIADO DO GOVERNO
"A TUMBA", SETE CÂMARAS DE TORTURA NO SUBSOLO DA CAPITAL DA VENEZUELA ONDE OPOSITORES DO REGIME SÃO SEVICIADOS PELOS ALGOZES COMUNISTAS
 


O gigante cai no samba
Vemos a Petrobras dizer que uma firma independente encontrou mais de R$ 60 bilhões de excesso de valor lançado nos ativos da empresa, e fica por isso mesmo  Rodrigo Constantino O Globo - 17/02/2015  

(...) nossa economia está prestes a entrar em recessão, a inflação passou de 7% ao ano e não deve cair tão cedo, corremos o risco de apagão mesmo com a conta de luz subindo sem parar, falta água, as empresas pararam de investir e começam a demitir, a gasolina sobe justo quando o petróleo desaba lá fora, os brasileiros estão muito endividados e a taxa de juros só sobe, o dólar se valorizou bastante e não há a menor perspectiva de melhora à frente. E isso foi apenas a parte econômica.

Peço sua vênia para passarmos para a política agora. O “petrolão” já fez o “mensalão” entrar para o rol de crimes de pequenas causas, com suas cifras bilionárias. Nunca antes na história deste país se viu tanta corrupção, e os militantes petistas ainda tentam nos convencer de que isso se deve ao governo que agora investiga mais, como se quem investigasse não fossem as instituições de estado, com o governo criando obstáculos (tentando impedir a CPI, por exemplo). Uma quadrilha montou o maior esquema de desvio de recursos públicos de nossa história bem diante de nossos olhos, e o que a Operação Lava-Jato trouxe à tona até agora já seria o suficiente para derrubar o governo em qualquer país sério. Mas o PT diz que falar em impeachment é “golpismo”.

Aliás, parêntese: um país sério jamais deixaria passar impune esse escandaloso estelionato eleitoral em curso. Os americanos foram acusados de hipócritas quando quase derrubaram Clinton por conta de uma mentirinha sobre sexo oral, mas o que nossos “intelectuais” antiamericanos não entendem é que aquele povo não tolera a mentira escancarada dessa forma. Fecho o parêntese.

Volto ao “petrolão”: o PT, partido da presidente, está envolvido até o pescoço, e tudo que Dilma faz, quando não está sumida, é repetir que não vai transigir com os “malfeitores”. Enquanto isso, seu partido trata como herói seu tesoureiro, que teria desviado centenas de milhões para irrigar o caixa da campanha dos petistas.

Já o deprimi o bastante? Calma, estimado leitor. Tome um Prozac. Eu espero. Tomou? Então vamos lá: não são “apenas” a economia e a política que vão muito mal; a saúde, a educação, o transporte público e a segurança também. Ou seja, as funções precípuas do Estado, aquelas que supostamente estariam bem atendidas pelos 40% de impostos que pagamos. Que tal a prestação de serviço do governo?

A carga tributária não para de aumentar. O leitor percebeu alguma melhora nessas áreas? Nem eu. Aliás, as estatísticas mostram que pioraram mesmo. O Brasil caiu no ranking do Pisa por exemplo, que mede a qualidade do ensino.

O governo importou como se fossem escravos milhares de “médicos” cubanos, mandando bilhões para o ditador Castro. Por acaso o leitor notou um salto de qualidade no SUS? De segurança é melhor nem falar. Começamos o ano com balas “perdidas” encontrando um alvo inocente por dia!

Agora que dei um panorama bem resumido do que vem acontecendo com nosso país nos últimos anos, pergunto: o povo está ou não está tranquilo, ignorando tudo isso? Afinal, milhares tomaram as ruas em junho de 2013, e o pretexto era o aumento de vinte centavos na passagem de ônibus. Hoje vemos a Petrobras dizer que uma firma independente encontrou mais de R$ 60 bilhões de excesso de valor lançado nos ativos da empresa, e fica por isso mesmo. Ou seja, o PT está destruindo a maior estatal do Brasil, e ninguém parece ligar muito. O petróleo é nosso?

Naquela época, antes de os vândalos mascarados dos “black blocs” destruírem as manifestações espontâneas da população, muitos acreditaram que o gigante havia acordado. Não fui tão otimista. E detesto dizer que estava certo em meu ceticismo. O gigante, meu caro, pode até ter acordado, mas resolveu é cair no samba!



O PT NO CONTRA ATAQUE
*
PETISTAS - Defendem Ministro Da Justiça Eduardo Cardozo - by @VillaMarcovilla - @RachelSherazade
*
Líderes da oposição acionarão Cardozo na Comissão de Ética

MINISTRO DA JUSTIÇA TEVE ENCONTRO COM ADVOGADO DA UTC

José Eduardo Cardozo dá golpe na Lava Jato by Jose Nêumanne Filho - @RachelSherazade

ENTENDA A OPERAÇÃO LAVA JATO DA POLÍCIA FEDERAL

DILMA FOI SE ACONSELHAR COM LULA - JOICE HASSELMANN
.


.
.




DELATOR DO PETROLÃO DEPÕE NOVAMENTE E MANDA UM RECADO QUE FAZ MUITA GENTE TREMER: "QUER DE VOLTA A SUA ALMA"