CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

sábado, 30 de novembro de 2013

AMIZADE: Amazing interspecies FRiENDS: Cat, rabbit, guinea pig and dog pit bull S...

LEI DA MORDAÇA GAY - PLC 122 de novo na pauta?

PLC 122 de novo na pauta?
http://youtu.be/4UmF8F4Nyp8





Senador Magno Malta comemora o fim do PL 122 
http://youtu.be/a-aJ5ty5k40





PL122 foi sepultada. Vitória? Não! Agora é a "Lei Alexandre Ivo" que já está sendo elaborada!Leia mais: http://www.libertar.in/2013/12/pl122-foi-sepultada-vitoria-calma-agora.html#ixzz2nxQr7VZn


 
O que pode estar por trás do suposto fim da PL 122/06?
http://www.libertar.in/2013/12/foi-facil-demais-o-que-pode-estar-por.html#ixzz2o3tJR3AN 
 
Vitória? Comemoração? Jean Wyllys revela a verdadeira intenção por trás do "fim" da PL 122
http://www.libertar.in/2013/12/vitoria-comemoracao-jean-wyllys-revela.html

Morreu a antiga dissidente soviética Natalya Gorbanevskaya



PUSSY RIOT
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/09/russia-pussy-riot-em-greve-de-fome.html


A verdade sobre o PT - Graça Salgueiro (espanhol)








OS MELHORES LUGARES PARA UM COMUNISTA PASSAR O RESTO DA VIDA

Veja para onde despachar colegas comunistas. Ou: Veja como é a maravilhosa vida nos países vermelhos.



Que tal despachar seus colegas comunistas para Cuba, Coréia do Norte ou China? Visando esclarecê-lo quando esta possibilidade, o Diário de um Ex Comunista fez um guia de como a vida nestes países é confortável e agradável, como nos comerciais de margarina...


CHINA

A China é um imenso poço de contradições. Ótimo lugar para enviar um comunista "dialético". De um lado, o estado totalitário e centralizador, guiado pelas austeras rédeas do Partido Comunista - que diga-se de passagem, é o único do país e o governa desde 1949. Do lado oposto à esquerdice,
vemos a segunda maior economia capitalista do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. O país pode até ser comunista, mas dinheiro é coisa séria né?



Grande Crise de Fome (1958-1961). Décadas de governo comunista fizeram com que o país tivesse grandes crises de alimentação.

O fato é que décadas de comunismo maoísta e isolamento provocaram salários artificialmente baixos e miseráveis para a população, ocasionando inclusive graves períodos de fome. Isso é que é revolução, né? Finalmente, quando a China se abriu ao mercado na década de 1980, as empresas tinham mão de obra farta e barata, e assim foram atraídas para lá como se fossem moscas no mel. Graças à uma boa dose de capitalismo a China cresceu em ritmo alucinante, tirando milhões de pessoas da miséria absoluta.



Os arranha céus e a força do capitalismo em Shangai. Cadê os ideais marxistas agora, hein!?


Embora seja o segundo país mais rico do mundo, a China é o último local que você gostaria de viver. Salários baixos e jornadas de trabalho análogas à escravidão - situação esta, "menos pior" do que morrer de fome no campo, e controle excessivo do governo não são fatores muito atraentes. Além disso, trata-se de um país oficialmente ateu, que aceita somente um filho por casal e têm o aborto institucionalizado - leia-se, morticínio de crianças inocentes. Ou seja, mudar-se para lá com sua família não é uma boa ideia.


CUBA

Cuba não é somente um país comunista, é uma caricatura do comunismo mundial. Depois da Revolução de 1959, protagonizada por Che Guevara e pelos irmãos Castro (Fidel e Raul), pouca coisa mudou. Fidelito e Raulzito continuam no poder. E na tentativa de segurar sua população, o governo proíbe que seus cidadãos deixem o país. Assim observam-se verdadeiras frotas de barcaças improvisadas tentando sair da ilhota, como verdadeiros náufragos desesperados.



Cuba parece uma novela das seis, daquelas de época. O país parou nos anos 60.

Tratada como filhinha mimada da União Soviética, que dava generosos subsídios à ilha, Cuba conseguiu desenvolver sua saúde e sua educação. Hoje um cirurgião ganha 60 reais mensais, o aprendizado dos alunos é censurado, e o país sofre com uma enorme carência habitacional. Acabou a mamata da mamãe soviética e logo acabou a farra. É só observar a paisagem para notar que o crescimento de Cuba parou nos anos 60. Mas ao menos que você seja uma pessoa nostálgica, e não se importe com racionamento de comida, Cuba é um bom destino. Tanto que Hugo Chávez foi tratar-se lá...ops, na verdade foi no Sírio Libanês mesmo...


CORÉIA DO NORTE

Como comunista de verdade gosta é de poder, hoje a Coréia é governada pelo ditador Kim Jong-un, neto gordinho do ditador master Kim II-sung, família esta, que governa o país com mãos de ferro desde 1955. A revolução foi um grande "sucesso" no país. Deu tão certo que seus habitantes dependem da doação de alimentos da China e da Coréia do Sul para sobreviver. Segundo dados da ONU, 60% das crianças sofrem de subnutrição. 


Enquanto 60% das crianças sofrem de subnutrição na Coréia do Norte, o luxuoso Palácio do Sol serve templo de adoração aos Kim, a religião oficial. 


Além disso, a Coréia do Norte não é um lugar muito agradável para liberdades individuais. Em pleno século XXI, existem dezenas de campos de trabalho forçado no país, que abrigam exclusivamente presos políticos, ocorrendo inclusive casos de mortes e torturas. E se você é cristão, más notícias. De acordo com a Missão Portas Abertas, trata-se do país com as mais duras repressões à esta religião no planeta.


Coréia do Sul e Coréia do Norte durante a noite. Nem precisa dizer qual delas é a comunista, né!?

Mesmo com todos estes problemas, você é obrigado a adorar o ditador como se fosse um Deus Supremo, ou o Grande Irmão, descrito por George Orwell em 1984. Algo semelhante ao que ocorria na Alemanha nazista, lembra? Além disso, trata-se de um país possuidor de armas nucleares e bastante temperamental na diplomacia internacional. E aí, vai encarar?


VIETNÃ, LAOS, E OUTROS

São países muito expressivos no cenário internacional. Mande seus amigos comunistas para lá

A falácia da desigualdade social

 Qual o maior serviço secreto do mundo?
http://youtu.be/Bf5NUOKr0Uo

****

Viver em Cuba DEPOIMENTO DE UMA BRASILEIRA

Prezado Olavo de Carvalho,
Acabei de ler o seu artigo publicado pela revista Época desta semana. Não pude deixar de viajar no tempo e reviver todo o sofrimento que passei naquela ilha.
Não fui fazer turismo, vivi na ilha durante alguns meses, pude conhecer pessoas e convivendo com elas no dia a dia perceber a dureza de sua realidade.

MAIS EM:
http://midiadeofertas.blogspot.com.br/2013/12/viver-em-cuba-depoimento-de-uma.html

 ****

Um país comunista é aquele em que os que estão dentro querem sair, e os que estão fora elogiam, mas não querem entrar. Nos países capitalistas, ao contrário, os que estão de fora querem entrar, e os que estão dentro falam mal, mas não querem sair. Quem tem razão: as palavras ou os fatos?

O ESPÍRITO DE REBANHO CONDUZ AO MATADOURO



A sintomatologia histérica

A vida moderna convida ao eremitismo porque as pessoas parecem que andam parvas e não se consegue ter uma conversa decente a não ser mediante a repetição de lugares comuns. O problema está na dificuldade que muita gente tem em perceber as coisas mais óbvias, e não me refiro apenas aos estultos que não conseguem acompanhar um raciocínio elementar mas sobretudo àqueles, especialmente os dotados de um intelecto treinado, que não conseguem aceitar os dados brutos da realidade imediatamente acessíveis aos sentidos, incluindo as acções que eles mesmos produzem, ou seja, àqueles que “não conseguem ver um boi à sua frente”. Não se pode dizer que seja uma queda somente devida à moderna educação ou ao excesso de “informação”, porque a mutação deu-se também em pessoas que já não estavam em idade escolar, além de que os sintomas são muito menores em alguns países em que existe a mesma psicose informática.
O sintoma a que me refiro é mais propriamente o da histeria disseminada. O histérico é aquele que, na fórmula compacta do filósofo Olavo de Carvalho, não sente o que ele vê mas vê o que ele sente. Andrew Lobaczewski, no livro Political Ponerology, identificou o fenómeno da disseminação da sintomatologia histérica sob domínio de lideranças psicopáticas. George Orwell já tinha descrito o fenómeno de forma hiperbólica no livro 1984, e certamente que é nos sistemas totalitários que podemos mais facilmente observar o processo decorrendo. Enquanto o psicopata no poder mente sabendo que o faz, o histérico mente para se encaixar na situação constrangedora em que se encontra e depois acaba mesmo por deformar a sua divisão das coisas. O fenómeno também ocorre de forma maciça nas democracias, embora seja mais difícil de identificar, não só porque aqui é usado um conjunto disperso de meios mas porque os psicopatas que efectivamente detém o poder não são facilmente identificáveis, não podendo ser mapeados directamente pelos cargos de governo do país. Contudo, creio que em Portugal o fenómeno é ainda mais insólito, por razões que apresentarei abaixo.

Não é difícil de identificar o fenómeno da liderança psicopática e da disseminação da sintomatologia histérica no caso do governo de José Sócrates. O antigo primeiro-ministro usava a estratégia, aparentemente pueril, de se vitimizar ante qualquer acusação que recebia, ao mesmo tempo que não tinha pudor em usar os meios do Estado para perseguir os seus adversários. A determinada altura uma sondagem (penso que já me referi a ela neste blogue) indiciava um facto assombroso: os portugueses achavam que Sócrates era corrupto mas que podia perfeitamente continuar a governar. Note-se que, neste caso, a visão deformada não se aplica tanto a Sócrates mas mais ao papel do próprio governante. Contudo, José Sócrates não tinha um poder absoluto e só conseguiu obter tanto sucesso em “histerizar” os portugueses porque herdou um processo que já vinha decorrendo há muito tempo. Nesta altura, seria de esperar que fosse culpar a hegemonia socialista mas, neste caso em particular, creio que há um elemento muito mais preponderante e que pouquíssimos considerarão de relevância política: o futebol.

O futebol português tornou-se numa palhaçada indescritível e não há um único resultado desportivo que deva ser considerado credível. Mas o que é relevante para este caso é a permanência de certas lideranças desportivas – não somente ao nível dos clubes – que usam de todo o tipo de esquemas ilegais mas que a justiça oficial nunca pune, mesmo quando a corrupção é evidente, a que se juntam os comentadores desportivos especialistas a justificar o injustificável. As discussões entre os adeptos de clubes adversários passaram das normais picardias, em que ninguém se levava muito a sério, para uma crença total naquilo em que se defendia. Sobretudo, as vitórias desportivas e a impunidade oficial santificaram a corrupção, a mentira, as putarias e a violência. Isto não seria especialmente grave se ficasse confinado aos adeptos mais fanáticos e à própria temática do futebol. Mas gradualmente espalhou-se, por todos os adeptos do futebol e mesmo entre aqueles que nem gostam deste desporto, a lógica de que “se alguém pode fazer algo impunemente então ele deve mesmo fazer aquilo”. Inevitavelmente, esta lógica deturpada acabou por aparecer como válida para outros domínios, desde que aparecesse alguém com a suficiente falta de vergonha na cara para a encarnar, como aconteceu como José Sócrates.
 Podemos tentar achar justificações para o estado calamitoso em que Portugal se encontra na Inquisição, no Marquês de Pombal, nas Invasões Francesas, na Revolução Liberal, na queda da monarquia, no Estado Novo, no 25 de Abril e no PREC, na entrada para a CEE, no Euro, mas hoje estou firmemente convicto de que tudo isto se torna irrelevante em comparação com a revolução das consciências que o fenómeno do futebol operou dos últimos 30 anos. Sei que ao dizer isto pareço estar a proferir uma das maiores barbaridades que alguém já disse em língua portuguesa, mas creio que quem queira estudar o fenómeno sem preconceitos chegará, em poucos anos, à conclusão de que o futebol operou uma devastação avassaladora nos padrões éticos e na inteligência (entendida como capacidade de conhecer a realidade) dos portugueses.






Sou do Brasil e observo o mesmo acontecendo aqui. Mas não por causa do futebol. Em minha opinião, a causa é a prática sistemática da mentira, do "mentirismo", por autoridades, ou fontes ditas formadoras de opinião, ou tudo que outrora foi porta-voz do consenso. A mentira que vem de cima, oficializada, por assim dizer, teria essa capacidade de dissociar a mente, se aceita de alguma forma. Parece que as mentes preferem obedecer à autoridade do poder a obedecer a da verdade.

É uma hipótese, ainda estou juntando dados. Mas, se assim for, a prática da verdade é um antídoto eficaz.

Celia


*
COMUNISMO SE CURA COM VERDADE
*
BULLYING IDEOLÓGICO
*
COLETIVISMO IMBECILIZANTE
*
BATE PAPO LOBÃO E OLAVO DE CARVALHO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/08/bate-papo-lobao-e-olavo-de-carvalho_19.html
*
FORMAÇÃO DO IMBECIL COLETIVO PELA EDUCAÇÃO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/02/formacao-do-imbecil-coletivo-pela.html
*
POLITICAMENTE CORRETO COMO ARMA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/04/o-politicamente-correto-como-arma.html
*
LEGITIMAÇÃO DA MENTIRA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/10/a-legitimacao-da-mentira-e-o.html
*
FALSIDADE GERA VULGARIDADE
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/09/a-falsidade-gera-vulgaridade.html
*
MENTIRA É FERRAMENTA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/search/label/MENTIRA%20%C3%89%20FERRAMENTA
*
TÉCNICAS DE ENGODO E MANIPULAÇÃO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/10/tecnicas-de-engodo-e-manipulacao-de.html
*

Este texto, de autoria desconhecida, já foi postado inúmeras vezes na internet. Mas por ser muito bom e mais atual do que nunca; aqui vai mais uma vez:

Como Caçar Porcos Selvagens


(Autor desconhecido)

Havia um professor em um grande colégio com alunos estrangeiros de intercâmbio em sua turma. Um dia, enquanto a turma estava no laboratório, o professor notou um jovem africano do intercâmbio que continuamente coçava as costas e se esticava como se doessem. O professor perguntou ao jovem qual era o problema. O aluno respondeu que tinha uma bala alojada nas costas pois tinha sido alvejado enquanto lutava contra os comunistas de seu país nativo onde estavam tentando derrubar seu governo e instalar um novo regime, um “outro mundo possível”.No meio da sua história ele olhou para o professor e fez uma estranha pergunta: “O senhor sabe como se capturam porcos selvagens?”O professor achou que se tratava de uma piada e esperava uma resposta engraçada. O jovem disse que não era piada. E contou:- “Você captura porcos selvagens encontrando um lugar adequado na floresta e colocando algum milho no chão. Os porcos vêm todos os dias comer o milho doado. Quando eles se acostumam a vir todos os dias, você coloca uma cerca, mas só em um lado do lugar em que eles se acostumaram a vir. Quando eles se acostumam com a cerca, ele voltam a comer o milho e você coloca um outro lado da cerca. Mais uma vez eles se acostumam e voltam a comer. Você continua desse jeito até colocar os quatro lados da cerca em volta deles com uma porta no último lado. Os porcos que já se acostumaram ao milho fácil e as cercas começam a vir sozinhos pela entrada. Você então fecha a porteira e captura o grupo todo.”“Assim, rapidamente, os porcos perdem sua liberdade. Eles ficam correndo e dando voltas dentro da cerca, mas já foram pegos. Logo, voltam a comer o milho fácil e gratuito. Eles ficaram tão acostumados a ele que esqueceram como caçar na floresta por si próprios, e por isso aceitam a servidão.”O jovem então disse ao professor que era exatamente isso que ele via acontecer neste país. O governo ficava empurrando-os para onde queria e espalhando o milho gratuito na forma de programas de auxílio de renda, bolsas isso e aquilo, impostos variados, estatutos de “proteção”, cotas para estes e aqueles, subsídio para todo tipo de coisa, pagamentos para não plantar, programas de “bem-estar social”, medicina e medicamentos “gratuitos”, sempre e sempre novas leis, etc, tudo ao custo da perda contínua das liberdades, migalha a migalha. Devemos sempre lembrar que “Não existe esse negócio de almoço grátis” e também que “não é possível alguém prestar um serviço mais barato do que seria se você mesmo o fizesse”

*

ESPÍRITO DE MANADA, COLETIVISMO IMBECILIZANTE, DIREITOS, MÍDIA CÚMPLICE, E MAIS - OLAVO DE CARVALHO

http://youtu.be/s8SngsoltfI



sexta-feira, 29 de novembro de 2013

SUGESTÃO PARA PRESENTE DE NATAL: COMO LER LIVROS (Mortimer Adler ).



A coleção Educação Clássica pretende ser ao mesmo tempo um convite e uma iniciação na vida intelectual. Com a série "Como", nossa coleção apresenta livros práticos, que orientam o leitor perante as mais diversas atividades: "Como Ler Livros", "Como Falar, Como Ouvir", "Como Pensar sobre as Grandes Ideias", "Como Ouvir e Entender Música".
Conheça estas obras e melhore o rendimento de seus estudos.



Os empregos de Dirceu e Delúbio




Ministério Público quer investigação de juiz que iniciou a execução penal do mensalão
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/12/1384078-ministerio-publico-quer-investigacao-de-juiz-que-iniciou-a-execucao-penal-do-mensalao.shtml

*
Resumo da ópera: com a conquista de postos executivos e legislativos veio a descoberta, já em 1982, do “quanto custava uma disputa eleitoral” e a conseqüente explosão de denúncias dos escândalos nas prefeituras de Campinas e São José dos Campos (“Caso Paulo de Tarso Venceslau”, desvio de US$ 16 milhões), de São Paulo (“Caso Lubeca”, propina de US$ 200 mil para campanha presidencial de 1989), da Loterj do Rio Janeiro (“Caso Waldomiro”, extorsão de R$ 100 mil para campanhas de governador do Rio e Brasília), de Santo André (“Caso Celso Daniel”, prefeito assassinado em 2002, ligado a arrecadação de propina para fundo de campanha presidencial) e, coroando tudo, a vertiginosa armação do “Valerioduto” - com direito a transporte de dinheiro sujo em malas e cuecas - exposto por Roberto Jefferson, que apodreceu a vida pública nacional – um caso, verdade seja dita, de rara incompetência partindo de uma “liderança& rdquo; considerada até então, para além de arrogante, imbatível. - IPOJUCA PONTES
http://www.midiasemmascara.org/arquivos/4444-clandestinidade-e-pt.html

*
Alta traição
Ipojuca Pontes

Em razão de discurso pronunciado em 02/07/2005 (reproduzido no site oficial do governo, posto em evidência pelo filósofo Olavo de Carvalho na denúncia “Lula, Réu Confesso”), no qual se vangloria de atuar abertamente para transformar a democracia representativa vigente em “democracia popular”, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se ainda houver no Brasil empenho na defesa das liberdades, pode vir a ser julgado por ato de alta traição.
No discurso, feito na celebração dos 15 anos de existência do Foro de São Paulo, Lula confessa ter assumido em Havana, durante uma assembléia do Foro de São Paulo, em janeiro de 2003, de forma clandestina para um presidente, a tarefa infame de estabelecer a “consolidação daquilo que começamos em 1990”, que continua sendo, justamente, para os integrantes daquela indigitada entidade “revolucionária”, a inabalável obrigação de “reconstruir na América Latina o que foi perdido no Leste Europeu”, ou seja – o velho totalitarismo vermelho.
http://www.midiasemmascara.org/arquivos/4534-alta-traicao.htm

STF precisa salvar o Brasil - NIVALDO CORDEIRO


PODCAST 100 DO INSTITUTO MISES BRASIL - Bruno Garschagen (Nov 2013)



Publicado em 29/11/2013

No dia 5 janeiro de 2012, quando o primeiro Podcast do Instituto Mises Brasil foi publicado, era difícil ter certeza quanto à longevidade deste trabalho. Ainda se tinha a impressão de que os brasileiros interessados pela Escola Austríaca, liberalismo e libertarianismo caberiam todos numa Kombi. Mas à medida que os podcasts eram publicados, mais nomes eram acrescentados à lista inicial e mais pessoas em vários cantos do país desenvolviam trabalhos acadêmicos, crivam grupos de estudos e promoviam eventos para divulgar e defender as ideias da liberdade. O tempo passava, a lista aumentava e o Podcast avançava mostrando aos liberais, libertários e austríacos do país quem eram os liberais, libertários e austríacos que realizavam algo relevante. E eis que chegamos ao centésimo Podcast.

Para celebrar o Podcast de nº 100, o entrevistado é o criador do programa, o empreendedor intelectual Bruno Garschagen, numa conversa comandada por Cristiano Chiocca, economista, empresário e vice-presidente do Instituto Mises Brasil. Nesta entrevista, Garschagen fala sobre o objetivo e o desenvolvimento do programa nesses quase dois anos de publicação semanal ininterrupta. E também conta quais foram as entrevistas mais polêmicas e os fatos mais marcantes (como a ponte cultural com Portugal e com a Galícia) neste que já se tornou um dos podcasts mais importantes no cenário Austríaco e liberal de língua portuguesa.

Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais pelo Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa e Universidade de Oxford (visiting student), comentarista político, tradutor (O Fim do Fed - Por que Acabar com o Banco Central, de Ron Paul, e Uma Teoria do Socialismo e do Capitalismo, de Hans-Hermann Hoppe) e membro do conselho editorial da MISES: Revista Interdisciplinar de Filosofia, Direito e Economia, observa que de 2009 até agora, o crescimento do interesse e da participação direta de pessoas na divulgação das ideias da liberdade foi extraordinário, e isso ajudou diretamente o Podcast. "Muitas pessoas fizeram a diferença ao abandonar o discurso pessimista e adotar um plano de ação com objetivos definidos e cujos resultados estão sendo colhifos em 2013. Isso mostra que apesar das dificuldades e certa dominação ideológica nos departamentos universitários, há caminhos para se abrir espaços. Basta trabalhar de forma criativa e inteligente e não se deixar abater com os percalços".

Neste podcast, Garschagen também fala sobre se há ou não uma natureza utópica na defesa de uma sociedade de leis privadas e do estado mínimo. Utopia política é o tema, inclusive, da sua tese de mestrado que será publicada em livro no primeiro semestre de 2014. "E também assinei contrato recentemente com a Editora Record, a convite do editor Carlos Andreazza, para escrever um livro. Mas, por enquanto, não posso revelar o tema nem o título. O que posso dizer é que já iniciei as pesquisas e começo a escrevê-lo em dezembro. E acredito que pelo assunto e a abordagem que escolhi, o livro interessará aos defensores e amigos das ideias da liberdade, incluindo aí, claro, os leitores do IMB e os ouvintes deste Podcast".

DESARMAMENTO - O que está acontecendo com a Taurus?




O que acontece com a Taurus
http://youtu.be/T4e-0-OmKS0
http://www.youtube.com/user/diogowaki

*

DESARMAMENTO E TERRORISMO NO CAMPO - Lobão, Bene Barbosa e Nelson Barretto
http://youtu.be/Y_TVQ0yEDbs

DESARMAMENTO É GOLPE - Lobão, Rodrigo Constantino e Bene Barbosa
http://youtu.be/50pKcEmShIE

DESARMAMENTO AUMENTA A CRIMINALIDADE E A SUBMISSÃO AO ESTADO - Bene Barbosa Nov 2013
http://youtu.be/WHLHNb-S1f0

DESARMAMENTO DAS CRIANÇAS: Brasília proíbe venda de armas de brinquedo! (engenharia social)
http://youtu.be/mMvOJXe4sTU

José Dirceu, IPEA - houve ou não crescimento dos homicídios no Brasil
http://youtu.be/SXfJac4g3gE

POR QUE A CRIMINALIDADE CRESCE? ESTRATEGIA REVOLUCIONÁRIA PRESSÃO DE CIMA E DE BAIXO
http://youtu.be/0UShxradca0

DESARMAMENTO E LEGÍTIMA DEFESA - PADRE PAULO RICARDO
http://youtu.be/Ql3vxiTV3Yo

CONSPIRAÇÃO MUNDIAL SOCIALISTA - YURI BEZMENOV / TOMAS SCHUMAN
http://youtu.be/vC8qiowICpY

DESARMAMENTO RURAL EXPÕE FAZENDAS AO EXÉRCITO DO MST - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/G87Ur3VKVr8

DESARMAMENTO, MIDIA E MENTIRAS - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/dqpvtwolVqw

GOVERNAR PELO CAOS - O USO DOS DIREITOS CONTRA A DEMOCRACIA
http://youtu.be/93U0kuGK5AM

DESARMAMENTO NOS EUA - GOVERNO PELO CAOS - EDUCAÇÃO DESVIRTUADA - 2013
http://youtu.be/o38P9OeJTJA

DESARMAMENTO - A ORDEM VEM DA ONU (NOVA ORDEM MUNDIAL)
http://youtu.be/wk8qmXr1OsU

DESARMAMENTO E ENGENHARIA DO COMPORTAMENTO - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/Gx9ju_Ksqvg

DESARMAMENTO DO POVO E DA ELITE - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/IdoNsMQ_baw

DESARMAMENTO É ARMADILHA - OLAVO DE CARVALHO
http://youtu.be/uHPcmpcAAdg

MASSACRE DE REALENGO FOI PROGRAMADO COMO PARTE DA CAMPANHA DE DESARMAMENTO?
http://youtu.be/pcTNlqecSBw

Dialética Esquerdista E Desarmamento
http://youtu.be/IfnydifQpLw

MOTIVOS OCULTOS DO DESARMAMENTO - Olavo de Carvalho
http://youtu.be/3kcniigMOHc

SOCIEDADE MILITAR
http://sociedademilitar.com.br/

PARTIDO MILITAR
http://www.pmbnacional.org.br/imprensa-pmb/noticias-em-destaques/apoio-ao-pmb-partido-militar-brasileiro

CANAL DE BENE BARBOSA
www.youtube.com/user/presidentemvb/



PT PRESENTEIA HOMOSSEXUAIS COM BOLSA FAMÍLIA


A TRAMÓIA DOS MÉDICOS CUBANOS - Caiado STF - 2013 11 28



2013 11 28 Bicalho STF  


LIVRO SOBRE A CPMI DOS CORREIOS - A Máfia da Estrela 2 de Onyx Lorenzoni é lançado em Brasília



Publicado em 29/11/2013

O deputado Onyx Lorenzoni (Democratas-RS) lançou em Brasília, o livro A Máfia da Estrela 2. A publicação conta a história da CPMI dos Correios, realizada em 2005, e o impacto do mais importante julgamento do Supremo Tribunal Federal que resultou na condenação de políticos e outras pessoas envolvidas com o escândalo da mensalão.

*
Ministério Público quer investigação de juiz que iniciou a execução penal do mensalão
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/12/1384078-ministerio-publico-quer-investigacao-de-juiz-que-iniciou-a-execucao-penal-do-mensalao.shtml

*
Resumo da ópera: com a conquista de postos executivos e legislativos veio a descoberta, já em 1982, do “quanto custava uma disputa eleitoral” e a conseqüente explosão de denúncias dos escândalos nas prefeituras de Campinas e São José dos Campos (“Caso Paulo de Tarso Venceslau”, desvio de US$ 16 milhões), de São Paulo (“Caso Lubeca”, propina de US$ 200 mil para campanha presidencial de 1989), da Loterj do Rio Janeiro (“Caso Waldomiro”, extorsão de R$ 100 mil para campanhas de governador do Rio e Brasília), de Santo André (“Caso Celso Daniel”, prefeito assassinado em 2002, ligado a arrecadação de propina para fundo de campanha presidencial) e, coroando tudo, a vertiginosa armação do “Valerioduto” - com direito a transporte de dinheiro sujo em malas e cuecas - exposto por Roberto Jefferson, que apodreceu a vida pública nacional – um caso, verdade seja dita, de rara incompetência partindo de uma “liderança& rdquo; considerada até então, para além de arrogante, imbatível. - IPOJUCA PONTES
http://www.midiasemmascara.org/arquivos/4444-clandestinidade-e-pt.html

*
Alta traição
Ipojuca Pontes

Em razão de discurso pronunciado em 02/07/2005 (reproduzido no site oficial do governo, posto em evidência pelo filósofo Olavo de Carvalho na denúncia “Lula, Réu Confesso”), no qual se vangloria de atuar abertamente para transformar a democracia representativa vigente em “democracia popular”, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se ainda houver no Brasil empenho na defesa das liberdades, pode vir a ser julgado por ato de alta traição.
No discurso, feito na celebração dos 15 anos de existência do Foro de São Paulo, Lula confessa ter assumido em Havana, durante uma assembléia do Foro de São Paulo, em janeiro de 2003, de forma clandestina para um presidente, a tarefa infame de estabelecer a “consolidação daquilo que começamos em 1990”, que continua sendo, justamente, para os integrantes daquela indigitada entidade “revolucionária”, a inabalável obrigação de “reconstruir na América Latina o que foi perdido no Leste Europeu”, ou seja – o velho totalitarismo vermelho.
http://www.midiasemmascara.org/arquivos/4534-alta-traicao.htm

BASTIDORES DO CONCÍLIO VATICANO II - PALESTRAS COM ROBERTO DE MATTEI




Bastidores do Concílio Vaticano II - Roberto De Mattei - SP
https://youtu.be/-9g71UQh__w
 
Parte 2 - Concílio Vaticano II - Perguntas e Respostas
 https://youtu.be/T577DkF84BY

https://www.youtube.com/channel/UCM7kYCm55U9YN2Z_0Ulce7w/vídeos

Desde sua convocação até os dias presentes, o Concílio Vaticano II suscitou inúmeras controvérsias que certamente darão margem a discussões futuras. Para que possamos conhecer os bastidores desse marcante evento na História da Igreja, onde conservadores e progressistas travaram uma grande luta, o prof. de Mattei, como historiador, oferece um contributo ímpar em sua obra “O Concílio Vaticano II – uma história nunca escrita”, através de uma rigorosa reconstrução do Concílio em suas raízes e consequências, baseada sobretudo em documentos, arquivos, diários, correspondências e testemunhos daqueles que foram os seus protagonistas.
No Brasil, o tema vem tomando corpo, e merece de nossa parte uma singular atenção. Para compreender seu desenrolar até o presente momento será de grande valia ouvirmos a abordagem objetiva e clara do renomado historiador italiano, nesta oportunidade única e inédita que se realizará na nossa Terra de Santa Cruz.

***

O historiador e jornalista italiano Roberto de Mattei, nascido em 1948, é um dos mais destacados líderes católicos contemporâneos. É professor de História da Igreja e do Cristianismo na Universidade Europeia de Roma, na qual é o coordenador da Escola de Ciências Históricas. Entre 2004 e 2011 foi por duas vezes vice-presidente do principal organismo estatal italiano de apoio às ciências, o Conselho Nacional de Pesquisa. Membro do Conselho de Administração do Instituto Histórico para a Idade Moderna e Contemporânea e da Sociedade Geográfica Italiana, ele colabora com o Comitê Pontifício de Ciências Históricas. Foi agraciado com a insígnia da Ordem da Santa Sé de São Gregório Magno, em reconhecimento pelos seus serviços prestados à Igreja.


Em 2010, Roberto de Mattei publicou o livro O Concílio Vaticano II – Uma história nunca escrita, o qual lhe valeu o mais prestigioso prêmio italiano para livros históricos: o Acqui Storia/2011.

*

NOVA ORDEM MUNDIAL, MAÇONARIA, JESUÍTAS, SIONISMO, VATICANO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/11/nova-ordem-mundial-maconaria-jesuitas.html
*
OS JESUITAS E O MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO - MALACHI MARTIN - NIVALDO CORDEIRO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/04/os-jesuitas-e-o-movimento.html
*
Será Ion Mihai Pacepa um agente triplo? Isso é desinformatzya!
http://grogdocarlosreis.blogspot.com.br/2013/10/sera-ion-mihai-pacepa-um-agente-triplo.html
*
UMA OUTRA VISÃO:
 http://cavaleiroconde.blogspot.com.br/2013/09/o-segredo-de-carlos-reis.html
*
PAPA GLOBALISTA
 

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Esquerda Caviar em Floripa: perguntas e respostas (+playlist)


ESQUERDA CAVIAR Entrevista na CBN de Floripa com Renato Igor (+playlist)


PT, ÉTICA DE MENTIRA, E MENSALÃO




Ministério Público quer investigação de juiz que iniciou a execução penal do mensalão

*
Resumo da ópera: com a conquista de postos executivos e legislativos veio a descoberta, já em 1982, do “quanto custava uma disputa eleitoral” e a conseqüente explosão de denúncias dos escândalos nas prefeituras de Campinas e São José dos Campos (“Caso Paulo de Tarso Venceslau”, desvio de US$ 16 milhões), de São Paulo (“Caso Lubeca”, propina de US$ 200 mil para campanha presidencial de 1989), da Loterj do Rio Janeiro (“Caso Waldomiro”, extorsão de R$ 100 mil para campanhas de governador do Rio e Brasília), de Santo André (“Caso Celso Daniel”, prefeito assassinado em 2002, ligado a arrecadação de propina para fundo de campanha presidencial) e, coroando tudo, a vertiginosa armação do “Valerioduto” - com direito a transporte de dinheiro sujo em malas e cuecas - exposto por Roberto Jefferson, que apodreceu a vida pública nacional – um caso, verdade seja dita, de rara incompetência partindo de uma “liderança& rdquo; considerada até então, para além de arrogante, imbatível. - IPOJUCA PONTES

*
Alta traição
Ipojuca Pontes

Em razão de discurso pronunciado em 02/07/2005 (reproduzido no site oficial do governo, posto em evidência pelo filósofo Olavo de Carvalho na denúncia “Lula, Réu Confesso”), no qual se vangloria de atuar abertamente para transformar a democracia representativa vigente em “democracia popular”, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se ainda houver no Brasil empenho na defesa das liberdades, pode vir a ser julgado por ato de alta traição.

No discurso, feito na celebração dos 15 anos de existência do Foro de São Paulo, Lula confessa ter assumido em Havana, durante uma assembléia do Foro de São Paulo, em janeiro de 2003, de forma clandestina para um presidente, a tarefa infame de estabelecer a “consolidação daquilo que começamos em 1990”, que continua sendo, justamente, para os integrantes daquela indigitada entidade “revolucionária”, a inabalável obrigação de “reconstruir na América Latina o que foi perdido no Leste Europeu”, ou seja – o velho totalitarismo vermelho.
 
 
Sobre Valores – Maynard Marques de Santa Rosa

"Quando um país se encontra à deriva, a vítima principal é a confiança, um ingrediente vital. Sem ela, grassa a insegurança e falta crédito na economia. Sem crédito, não há investimento. E sem investimento, não há progresso, nem emprego.

"O revisionismo cultural produzido pela opinião ideológica é antinatural e corrosivo. A Dra. Marie Louise von Franz concluiu, na década de 1950, que: “O sucesso da propaganda provoca uma repressão das reações inconscientes. E a repressão da massa leva à dissociação neurótica e à enfermidade mental, já que está em oposição aos nossos instintos
 
 

SE EU FOSSE O DIABO - Paul Harvey


PROPOSTA DO HOTEL PRESÍDIO PARA DIRDEU, DELÚBIO E GENOÍNO




Ministério Público quer investigação de juiz que iniciou a execução penal do mensalão
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/12/1384078-ministerio-publico-quer-investigacao-de-juiz-que-iniciou-a-execucao-penal-do-mensalao.shtml

*
Resumo da ópera: com a conquista de postos executivos e legislativos veio a descoberta, já em 1982, do “quanto custava uma disputa eleitoral” e a conseqüente explosão de denúncias dos escândalos nas prefeituras de Campinas e São José dos Campos (“Caso Paulo de Tarso Venceslau”, desvio de US$ 16 milhões), de São Paulo (“Caso Lubeca”, propina de US$ 200 mil para campanha presidencial de 1989), da Loterj do Rio Janeiro (“Caso Waldomiro”, extorsão de R$ 100 mil para campanhas de governador do Rio e Brasília), de Santo André (“Caso Celso Daniel”, prefeito assassinado em 2002, ligado a arrecadação de propina para fundo de campanha presidencial) e, coroando tudo, a vertiginosa armação do “Valerioduto” - com direito a transporte de dinheiro sujo em malas e cuecas - exposto por Roberto Jefferson, que apodreceu a vida pública nacional – um caso, verdade seja dita, de rara incompetência partindo de uma “liderança& rdquo; considerada até então, para além de arrogante, imbatível. - IPOJUCA PONTES
http://www.midiasemmascara.org/arquivos/4444-clandestinidade-e-pt.html

*
Alta traição
Ipojuca Pontes

Em razão de discurso pronunciado em 02/07/2005 (reproduzido no site oficial do governo, posto em evidência pelo filósofo Olavo de Carvalho na denúncia “Lula, Réu Confesso”), no qual se vangloria de atuar abertamente para transformar a democracia representativa vigente em “democracia popular”, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se ainda houver no Brasil empenho na defesa das liberdades, pode vir a ser julgado por ato de alta traição.

No discurso, feito na celebração dos 15 anos de existência do Foro de São Paulo, Lula confessa ter assumido em Havana, durante uma assembléia do Foro de São Paulo, em janeiro de 2003, de forma clandestina para um presidente, a tarefa infame de estabelecer a “consolidação daquilo que começamos em 1990”, que continua sendo, justamente, para os integrantes daquela indigitada entidade “revolucionária”, a inabalável obrigação de “reconstruir na América Latina o que foi perdido no Leste Europeu”, ou seja – o velho totalitarismo vermelho.
http://www.midiasemmascara.org/arquivos/4534-alta-traicao.htm

APROVADA A PEC DO VOTO ABERTO - Quem É Quem Por Trás Das Máscaras Da Hipocrisia? ✰ Rachel Sheherazade ✰ ...


MAIS UM QUE QUER CALAR A INTERNET


Cássio Cunha Lima (PSDB): VAGABUNDO PARASITA

PROTESTO CONTRA O MARCO CIVIL DA INTERNET: ASSINE E COMPARTILHE: http://bit.ly/mcinternet

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

MARCO CIVIL DA INTERNET VAI CENSURAR BLOGS? LOBÃO, DANILO GENTILI, ROGER COMENTAM



http://youtu.be/DE1vDJfXUiM
Estão querendo descaracterizar a Internet: de um meio para expressar, comunicar e opinar, querem enquadrá-la na categoria de formadora de opinião, como um jornal, uma TV, a que o consenso atribui uma certa autoridade. Então, o fato de vc expressar sua opinião significaria que vc tem uma autoridadde sobre a mente do outro e precisa ser responsabilizado, vigiado e controlado? Sim, nas cabeças totalitárias, que manipulam o comportamento social através de mitos e imagens hegemõnicas, mas facilmente desfeitos  pelo questionamento e reflexão. A liberdade de informação favorece as democracias e ameaça os totalitarismos.


Marco Civil da Internet = (ignorância)¹³
http://youtu.be/oJ0uuk-YVk4

Cláudio Cajado (DEM) quer calar a internet
http://youtu.be/fk-bqNBMprA

Cássio Cunha Lima (PSDB): VAGABUNDO PARASITA
http://www.youtube.com/watch?v=XgQUlBWl6h0

Cidinha Campos (PDT) quer prender blogueiro (CENSURADO)
http://youtu.be/w0IMextDWCc

MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE A PRISÃO DO BLOGUEIRO RICARDO GAMA
http://ricardo-gama.blogspot.com.br/2013/07/ninisterio-publico-pediu-hoje-prisao-do.html

A INFORMAÇÃO LIVRE AMEAÇA OS DÉSPOTAS MAIS QUE SEUS INIMIGOShttp://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/10/a-informacao-livre-ameaca-os-despotas.html

DEMOCRACIAS PRECISAM DE TRANSPARENCIA E DITADURAS PRECISAM DE ...MARCO CIVIL DA INTERNET
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/11/marco-civil-da-internet-conexao.html

A INTERNET VAI BEM, MAS É A PEDRA NO SAPATO DOS TOTALITÁRIOS. DEMOCRACIA PRECISA DE TRANSPARENCIA E DITADURA PRECISA DE OPACIDADE - MARCO CIVIL NA INTERNET http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/11/a-internet-vai-bem-mas-e-pedra-no.html

EDWARD SNOWDEN E A ESPIONAGEM DOS EUA COMO PRETEXTO PARA CONTROLAR A INTERNET - PRS http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/09/edward-snowden-e-espionagem-dos-eua-por.html

GOVERNO TEM PRESSA PARA CONTROLAR A INTERNET - DE NOVO! - MARCO CIVIL NÃO! http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/08/governo-tem-pressa-para-controlar.html

PROTESTO CONTRA O MARCO CIVIL DA INTERNET: ASSINE E COMPARTILHE: http://bit.ly/mcinternet

http://marcocivilnao.com/


O QUE É MAV - MILITÃNCIA EM AMBIENTES VIRTUAIS ?
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/11/o-que-e-mav-militancia-em-ambientes.html
http://gracanopaisdasmaravilhas.blogspot.com.br/2013/12/nucleos-de-militancia-em-ambientes.html



VÍDEO ORIGINAL:

Lobão, Danilo e Roger: na cultura contra a 'curtura'
http://www.youtube.com/watch?v=5dXH-n7mZJs
http://www.youtube.com/user/lobaoentrevista
Transmitido ao vivo, dia 24/11/2013, via hangout, 22 horas (horário de Brasília)
*** PROTESTO CONTRA O MARCO CIVIL DA INTERNET: ASSINE E COMPARTILHE: http://bit.ly/mcinternet ***
SITE OFICIAL DO LOBÃO: http://www.lobao.com.br
SITE LOBÃO ENTREVISTA: http://www.lobaoentrevista.com.br
FANPAGE DO LOBÃO ENTREVISTA: http://www.facebook.com/lobaoentrevista
YOUTUBE DO LOBÃO ENTREVISTA: http://www.youtube.com/user/lobaoentr...
TWITTER DO LOBÃO ENTREVISTA:
http://www.twitter.com/lobaoentrevista
SITE DO DANILO GENTILI: http://www.danilogentili.com
FANPAGE: http://www.facebook.com/Danilo.Gentil...
SITE DO PROGRAMA 'AGORA É TARDE':
http://agoraetarde.band.uol.com.br/
SITE DO ULTRAJE A RIGOR: http://www.ultraje.com/
TWITTER DO ROGER: http://twitter.com/roxmo
MÚSICAS DO ULTRAJE A RIGOR: http://www.reverbnation.com/ultrajear...


PT ESTÁ IMPORTANDO E USANDO ÍNDIOS PARA ROUBAR TERRAS DE AGRICULTORES E COMPRAR VOTOS INDÍGENAS!




 Mercado&Cia 25/11/13 - Entrevista com João Paulo Pastório
http://youtu.be/IF4sizgqMTc

Publicado em 25/11/2013


Confira a entrevista com João Paulo Pastório na 2ª Edição do programa Mercado&Cia com apresentação de João Batista Olivi.
----------------------------------------­---------------------------
Questão Indígena: Em Vicente Dutra (RS), conflito com índios foi minimizado após reunião com a Funai de Passo Fundo (RS). Indígenas resolveram desobstruir rodovia e população se retirou das ruas, mas houve a iminência de um sério conflito. Invasões continuam no estado, bem como a insegurança para os produtores.



DESARMAMENTO E TERRORISMO NO CAMPO - Lobão, Bene Barbosa e Nelson Barretto
http://youtu.be/Y_TVQ0yEDbs





MST
FUNAI


"No congresso comunista de 1922, já diziam que a propriedade deveria ser destruída primeiro pelo campo. E por isso, toda essa insistência na reforma agrária."

O que se via nos assentamentos e o que se vê hoje, são favelas rurais. Se o Brasil tivesse feito a reforma agrária, hoje o Brasil não teria com o que se alimentar, porque hoje o governo tem que fornecer cesta básica e bolsa família. Como é que as cidades viveriam?
Raposa Serra do Sol está um flagelo: prostituição, alcoolismo, suicídio, miséria, lixo.
"Nações" indígenas dentro da nação brasileira. A Constituição reconhece as terras que os índios ocupam, e não ocupavam desde 1500.
http://coturnonoturno.blogspot.com.br...
A FUNAI e o CIMI querem isolar o índio como se fosse um jardim zoológico. O índio não quer isso. Mas o Brasil assinou o acordo da ONU de terras indígenas, e com base nisso as ONGs reivindicam um outro estado soberano para essas terras, como se forre outro país. Nem os militares podem entrar. Mas o índio precisa de autorização para andar em nossas estradas? Não, o índio é um brasileiro, e todo brasileiro tem o direito de ir e vir. Os produtores rurais são invadidos e saqueados pelos índios. Mato Grosso do Sul está com 80 fazendas invadidas. Os índios já deixaram de ser índios, trabalham nas cidades. Eles não ocupam a imensa área reservada para eles e a FUNAI e o CIMI não permitem que se associem com produtores rurais, eles procuram incentivar uma rivalidade entre indígenas e produtores. É O DIVIDIR PARA CONQUISTAR. O Brasil está sendo dividido em grupos antagõnicos, enquanto eles brigam o estado reina sobre todos.

Como nós chegamos aqui? Primeiro foi a pregação, a hegemonia do discurso, durante 10, 15 anos, de que desarmamento era bom, e arma é coisa de maus. E não se reagia a esse discurso. Segundo, foi a espera do "salvador da pátria", de alguém com iniciativa para fazer alguma coisa. ISSO É MUITO PERIGOSO, tende a nos expor a aproveitadores populistas, como foi na Venezuela, está sendo na Argentina e em outros países. Mas estamos quebrando a hegemonia desse discurso. HOJE TEMOS A INTERNET.

LIGAÇÃO MST - FARC - CRIME ORGANIZADO
Em nenhum país a reforma agrária socialista deu certo. O México fez a reforma agrária antes da URSS, e agora estão fazendo uma anti-reforma agrária. Idem para a China, que matou milhões de fome com a reforma. As terras dadas á reforma agrária no Brasil já é quase o dobro da terra agrícola, e são terras que não produzem. 13% do território nacional está demarcado para os índios que, no entanto, estão na miséria. E pretendem demarcar mais 12% do território nacional.

Zumbi era escravocrata. Quilombola é o seguinte: o artigo 68 da constituição bras. diz que se deve dar o título de propriedade para os remanescentes das comunidades dos quilombos que estejam ocupando a sua terra. Não era para desapropriar ninguém, era para emitir o título de propriedade para aquelas populações que ocupavam aquelas terras desde a libertação dos escravos. Mas o decreto 4887 do Lula fez uma nova interpretação para esse artigo; quilombola é todo aquele que se auto declara quilombola; Se ele chega, por ex., aqui em Brasília vai no Shopping e diz aqui funcionou um quilombo, junta mais 4 ou 5 pessoas, vai na Fundação Palmares, tira a certidão de quilombo, e o INCRA depois desapropria! Passa por cima do direito de propriedade (recorrendo a outro direito de propriedade politicamente correto). Só que tem um agravante, a terra se torna coletiva e isso é voltar á escravidão. Os próprios negros recusam e está havendo uma grande revolta contra isso.

O BRASILEIRO NÃO SABE O QUE ESTÁ ACONTECENDO NO BRASIL. (E NEM É PARA SABER!)


Mais em:http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/11/desarmamento-e-terrorismo-no-campo-o.html


Pai diz que Brittany Murphy foi envenenada pelo governo (NOM?)

Pai diz que Brittany Murphy foi envenenada pelo governo


Angelo Bertolotti afirma que a filha estava sob vigilância na época de sua morte


Atriz Brittany Murphy
Atriz Brittany Murphy (Chris McGrath/Getty Images)

O pai da atriz Brittany Murphy, morta em 2009, está convencido de que sua filha foi assassinada pelo governo americano. Angelo Bertolotti afirma que Brittany foi envenenada por apoiar uma amiga que revelou segredos do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos.

Bertolotti divulgou nesta segunda-feira um laudo independente que afirma ter encontrado, em mostras de cabelo e sangue retiradas do corpo da atriz, alta concentração de metais pesados, substâncias que podem ser encontradas em veneno para ratos e outros insetos. O legista oficial de Los Angeles afirmou que a morte foi decorrência de pneumonia e anemia.

Brittany Murphy: após necropsia, polícia descarta crime
Brittany Murphy: jornal diz que atriz era viciada em analgésicos


De acordo com matéria do jornal britânico Daily Mail, o pai da atriz afirma que, na época de sua morte, ela estava sob vigilância constante, inclusive por helicópteros, e sofrendo ameaças do governo por apoiar a amiga delatora, Julia Davis.

Julia e Bertolott estão escrevendo um livro e produzindo um documentário sobre sua versão da morte da atriz.

http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/pai-diz-que-brittany-murphy-foi-envenenada-pelo-governo

Laudo afirma que atriz Brittany Murphy morreu envenenada


Novos testes detectaram metais pesados em alta quantidade no corpo da atriz


Atriz Brittany Murphy
Atriz Brittany Murphy (Chris Pizzelo/AP)

Um novo laudo afirma que a atriz Brittany Murphy, morta em 2009, pode ter sido envenenada. O relatório independente foi encomendado pelo pai da atriz e divulgado nesta segunda-feira, de acordo com o jornal britânico Daily Mail.

Testes realizados em amostras de cabelo e sangue apontam presença de dez metais pesados em alta concentração no corpo da atriz. Essas substâncias podem ser encontradas em veneno para ratos e outros insetos.

Brittany Murphy: após necropsia, polícia descarta crime
Brittany Murphy: jornal diz que atriz era viciada em analgésicos


Na época, a morte de Brittany foi atribuída a pneumonia e anemia. O marido da atriz, Simon Monjack, morreu cinco meses depois em decorrência dos mesmos problemas. Pneumonia é um dos sintomas apresentados pelo casal que podem ser resultado de envenenamento

http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/novo-laudo-afirma-que-brittany-murphy-morreu-envenenada?utm_term=%23Veja

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Casal de Londres viveu em comunidade com mulheres sequestradas



http://pt.euronews.com/1970/01/01/
A polícia e a imprensa começam a levantar o véu sobre a história das três mulheres sequestradas durante 30 anos numa casa em Londres.

O casal autor do sequestro é constituído por dois militantes maoistas, ativos nos anos 70, altura em que chegaram a ser presos. O casal terá constituído uma comunidade com as três mulheres, que acabaram por ficar reféns.

Paddy Presley, um dos vizinhos, há muito que notava um comportamento suspeito: "Quando iam às compras, estavam sempre com pressa, nunca falavam com ninguém. Dava para ver que havia ali qualquer coisa que não batia certo".

Os jornais começaram a revelar outros pormenores, como as mais de 500 cartas que a mais jovem das três mulheres escreveu ao vizinho, que não denunciou o caso às autoridades.


Sigam-nos: No YouTube: http://bit.ly/zYBTAR
No Facebook: http://www.facebook.com/euronews.fans
No Twitter: http://twitter.com/euronewspt

MAIS:

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/mundo/2013/11/22/interna_mundo,399749/suspeitos-de-manter-mulheres-presas-por-30-anos-sao-soltos-em-londres.shtml



O SUMIÇO DO LAGO - O mistério do lago de Sanica

A MÃO DA KGB NA MORTE DE KENNEDY



A MÃO DA KGB NO ASSASSINATO DE JFK: A NOVA PROVA

Escrito por Ion Mihai Pacepa | 25 Novembro 2013

Artigos - Desinformação        

“Para entender realmente os mistérios da espionagem soviética, de nada ajuda ver um filme de agente secreto ou ler um romance de espiões, pois isto é apenas diversão. Você precisa ter vivido naquele mundo de segredo e falsidade durante uma vida, como eu vivi, e mesmo assim pode não entender o que está acontecendo nos momentos mais obscuros, a menos que seja um dos pouquíssimos no topo da pirâmide.”

O presidente John F. Kennedy foi assassinado faz 50 anos, e a maior parte das pessoas ainda acredita erroneamente que o culpado foi a CIA ou o FBI, a máfia ou os empresários conservadores americanos. Também há 50 anos, o Kremlin deu início a uma intensa operação de desinformação mundial, de codinome “Dragon”, destinada a desviar a atenção da ligação da KGB com Lee Harvey Oswald. Há uma conexão entre os fatos: Oswald era um marine americano que desertou para Moscou, retornou aos Estados Unidos três anos depois com a sua esposa russa, matou o presidente Kennedy e foi preso antes de conseguir pôr em prática o seu plano de fugir para Moscou. Em uma carta datada de 1° de julho de 1963, Oswald pediu à embaixada soviética em Washington, D.C., para conceder à sua esposa um visto imediato de entrada na União Soviética e outro para ele separadamente (na carta, “separadamente” está escrito com erro de ortografia e sublinhado). 

A operação “Dragon” do Kremlin está descrita no meu livro Programmed to Kill: Moscow’s Responsibility for Lee Harvey Oswald’s Assassination of President John Fitzgerald Kennedy. Em 2010, este livro foi exibido na Organization of American Historians junto com uma resenha do professor Stan Weber (McNeese State University). Ele descreveu o livro como um “novo e excelente trabalho exemplar sobre a morte do presidente Kennedy” e “leitura obrigatória por toda e qualquer pessoa interessada no assunto”. [1] 

Programmed to Kill é uma análise real do crime do século da KGB cometido durante a era Khrushchev. Naqueles dias, o antigo conselheiro chefe da KGB na Romênia havia se tornado o comandante do onipotente serviço de espionagem estrangeiro soviético e me levou para os mais altos círculos da camarilha da inteligência do bloco soviético. O meu livro também contém uma apresentação real dos frenéticos esforços de Khrushchev para proteger o seu traseiro. Lembrando-se de que o assassinato do arquiduque Franz Ferdinand pelo terrorista sérvio Gavrilo Princip, em 1914, havia dado início à Primeira Guerra Mundial, Khrushchev temia que o conhecimento pelos EUA do envolvimento da KGB com Oswald podia ser o estopim da primeira guerra nuclear. Os interesses de Khrushchev coincidiram com os interesses de Lyndon Johnson, o novo presidente americano, prestes a enfrentar eleições em menos de um ano, e qualquer conclusão implicando a União Soviética no assassinato forçaria Johnson a tomar uma ação política ou militar indesejada, prejudicando ainda mais a sua popularidade, já baixa por causa da guerra no Vietnã. 

De acordo com novos documentos da KGB, disponíveis após Programmed to Kill ter sido publicado, o esforço soviético para desviar a atenção do envolvimento da KGB no assassinato de Kennedy começou no dia 23 de novembro de 1963 – o dia imediatamente seguinte ao dia em que Kennedy foi morto – e teve início com um memorando para o Kremlin assinado pelo comandante da KGB Vladimir Semichastny. Ele pediu ao Kremlin para publicar imediatamente um artigo em um “jornal progressista em um dos países do Ocidente… mostrando a tentativa, por círculos reacionários nos EUA, de tirar a responsabilidade pelo assassinato de Kennedy dos verdadeiros criminosos, (ou seja), os racistas e ultra-direitistas, culpados pela propagação e crescimento da violência e terror nos Estados Unidos”.

O Kremlin concordou. Dois meses mais tarde, R. Palme Dutt, editor de um jornal britânico controlado pelos comunistas chamado Labour Monthly, assinou um artigo levantando o espectro do envolvimento da CIA sem oferecer a mínima prova. “(A maior parte d)os comentaristas” Dutt escreveu “suspeita de um golpe de ultra-direitistas ou racistas de Dallas… (que), com a manifesta cumplicidade necessária por parte de uma ampla gama de autoridades, exibe todos os carimbos de um trabalho da CIA”. A carta super secreta de Semichastny e o subsequente artigo de Dutt foram reveladas pelo ex-presidente russo Boris Yeltsin no seu livro The Struggle for Russia, publicado 32 anos após o assassinato de Kennedy.

Não é de admirar que Yeltsin tenha sido desalojado do palácio por um golpe da KGB transferindo o trono do Kremlin para as mãos da KGB – que ainda o segura com firmeza. Em 31 de dezembro de 1999, Yeltsin surpreendeu a Rússia e o resto do mundo ao anunciar a sua aposentadoria. “Entendo que devo fazê-lo” (2) explicou, falando em frente a uma árvore festivamente decorada para o Ano Novo junto a uma bandeira russa azul, vermelha e branca e uma águia russa dourada. Yeltsin em seguida assinou uma lei “no uso dos poderes do presidente russo” declarando que, sob o Artigo 92 Seção 3 da Constituição Russa, o poder do presidente russo seria temporariamente exercido pelo Primeiro Ministro Vladimir Putin, a partir do meio-dia de 31 de dezembro de 1999. (3) De sua parte, o recentemente designado presidente assinou um decreto perdoando Yeltsin, supostamente ligado a pesados escândalos de suborno, “de quaisquer possíveis delitos” e concedendo a ele “total imunidade” a processos (ou até mesmo investigações e interrogatórios) referentes a “toda e qualquer” ação realizada durante o governo. Putin também deu a Yeltsin uma pensão vitalícia e uma dacha do estado (4). 

Logo em seguida, a pequena janela no arquivo da KGB, aberta com estrondo por Yeltsin, foi fechada silenciosamente. Felizmente, antes disso ele foi capaz de revelar o memorando de Semichastny, responsável por gerar a conspiração Kennedy que nunca mais parou.

O artigo de Dutt foi seguido pelo primeiro livro sobre o assassinato de JFK publicado nos Estados Unidos: Oswald: Assassin or Fall Guy? Escrito por um antigo membro do Partido Comunista da Alemanha, Joachim Joesten, foi publicado em Nova Iorque em 1964 por Carlo Aldo Marzani, antigo membro do Partido Comunista Americano e agente da KGB. O livro de Joesten alega, sem fornecer nenhuma prova, que Oswald era “um agitador do FBI com passado na CIA”. Documentos altamente secretos da KGB contrabandeados da Rússia pelo desertor Vasili Mitrokhin, com a ajuda do MI6 britânico, em 1993 – bem depois das duas investigações do governo americano sobre o assassinato terem sido concluídas – mostram que no início dos anos 1960, Marzani recebeu subsídios num total de 672 mil dólares do Comitê Central do Partido Comunista. Isto levanta a questão do porquê Marzani ter sido pago pelo partido e não pela KGB, da qual era agente. A carta recentemente liberada de Semichastny nos dá a resposta: no dia seguinte ao do assassinato, o Kremlin assumiu o controle da operação de desinformação destinada a culpar os Estados Unidos pelo assassinato de JFK. Por este motivo, Oswald: Assassin or Fall Guy? foi promovido por uma operação conjunta do partido com a KGB.

A primeira resenha do livro, altamente elogiosa, foi assinada por Victor Perlo, membro do Partido Comunista Americano, e publicada em 23 de setembro de 1964 na publicação New Times, a qual eu conhecia como uma fachada da KGB por ter sido impressa uma vez na Romênia. Em 9 de dezembro de 1963, o jornalista “progressista” americano I. F. Stone publicou um longo artigo no qual tentou justificar porque os Estados Unidos haviam assassinado o seu próprio presidente. Ele chamou Oswald de louco direitista, mas colocou a culpa real na “belicosa Administração” dos Estados Unidos, que estava tentando vender para a Europa uma “monstruosidade nuclear”. Stone foi identificado como agente pago da KGB, de codinome “Blin”. 

Joesten dedicou o seu livro a Mark Lane, esquerdista americano autor, em 1966, do best-seller Rush to Judgment, segundo o qual Kennedy fôra assassinado por um grupo americano conservador. Documentos do Arquivo Mitrokhin mostram que a KGB enviou indiretamente dinheiro para Mark Lane (dois mil dólares) e que o agente da KGB Genrikh Borovik mantinha contato regular com ele. Outro desertor da KGB, o coronel Oleg Gordievsky (antigo chefe do posto da KGB em Londres) identificou Borovik como cunhado do general Vladimir Kryuchkov; Kryuchlov se tornou comandante da KGB em 1988 e em agosto de 1991 liderou o golpe em Moscou tentando recriar a União Soviética. 

O ano de 1967 viu a publicação de mais dois livros atribuídos a Joesten: The Case Against Lyndon Johnson in the Assassination of President Kennedy e Oswald: The Truth. Ambos sugeriam que o presidente Johnson e a CIA haviam matado Kennedy. Logo foram seguidos por A Citizen´s Dissent, de Mark Lane (1968). Lane também viajou bastante mundo afora pregando que os Estados Unidos eram um “estado policial do FBI” responsável pela morte do seu próprio presidente. 

Com tais livros, a conspiração sobre Kennedy nascera, e jamais morreria. A crescente popularidade dos livros sobre o assassinato de JFK encorajou todo o tipo de gente com qualquer conhecimento remotamente relacionado com o assunto a entrar na festa, cada qual vendo os eventos a partir de sua limitada perspectiva. Alguns milhares de livros foram escritos sobre o assassinato de Kennedy, e a hemorragia continua. A despeito desta crescente montanha de papel, uma explicação satisfatória da motivação de Oswald ainda precisa ser dada, primeiramente porque a importante dimensão do assunto da política externa soviética e da prática da inteligência soviética no fim dos anos 1950 e no começo dos anos 1960 ainda não foi relacionada com Oswald por nenhuma autoridade competente. Por que não? Porque nenhuma destas autoridades jamais pertenceu à KGB, nenhuma tem familiaridade com o seu modus operandi. 

Por sua própria natureza, a espionagem é um empreendimento enigmático e dúbio, e  nas mãos dos soviéticos desenvolveu-se e virou uma filosofia completa, onde cada aspecto tinha o seu próprio conjunto de regras testadas e precisas e seguia um padrão fixo. Para entender realmente os mistérios da espionagem soviética, de nada ajuda ver um filme de agentes secretos ou ler um romance de espiões, pois isto é apenas diversão. Você precisa ter vivido naquele mundo de segredo e falsidade durante uma vida, como eu vivi, e mesmo assim pode não entender o que está acontecendo nos momentos mais obscuros, a menos que seja um dos pouquíssimos no topo da pirâmide. 

Por isso, fiz uma curta apresentação destes momentos sombrios, cruciais para entender como o Kremlin tem sido capaz de fazer todo mundo de bobo, levando todos a acreditar que os Estados Unidos mataram um dos seus mais amados presidentes. Clique aqui para ler “11 Facts That Destroy JFK Conspiracy Theories”. Vamos juntos retornar àquele mundo de espionagem e falsidade soviéticas. Ao fim do nosso resumo, espero que você concorde comigo de que os soviéticos têm uma mão no assassinato do presidente Kennedy. Também espero que depois você veja com olhos diferentes futuros documentos referentes ao assassinato de JFK. Talvez você possa descobrir manobras soviéticas/russas neles ocultas. 

Notas:

1 - Stan Weber, “A New Paradigmatic Work on the JFK Assassination,” H-Net Online, October 2009, http://www.h-net.org/reviews/showrev.php?id=25348
 

2 - Barry Renfrew, “Boris Yeltsin Resigns,” The Washington Post, December 31, 1999, 6:48 a.m. 

3 - Matt Drudge Report, December 31, 1999, 11:00 AM UTC. 

4 - Ariel Cohen, “End of the Yeltsin Era,” The Washington Times, January 3, 2000, Internet Edition, cohen-20000103. 
 

Publicado no site PJ Media em 20 de novembro.

Ion Mihai Pacepa, general da Securitate, a polícia política romena, é o oficial de mais alta patente que desertou do bloco comunista.


Tradução: Ricardo Hashimoto